Mesmo com um jogador a mais, Frizão perde para o Sampaio Corrêa

Equipe passa agora a concentrar as atenções na Série A2 do Campeonato Carioca
terça-feira, 23 de fevereiro de 2021
por Vinicius Gastin
Jovem Willian aperta a marcação sobre o adversário: despedida com derrota (Foto: Léo Borges)
Jovem Willian aperta a marcação sobre o adversário: despedida com derrota (Foto: Léo Borges)

        Teve de tudo um pouco no Lourival Gomes. Expulsão, dois goleiros lesionados e um Friburguense que não soube aproveitar a vantagem de ter um homem a mais durante praticamente toda a etapa final. O gol de pênalti no último minuto do primeiro tempo, marcado por Alexsandro, decretou a vitória do Sampaio Corrêa por 1 a 0 na tarde do último sábado, 20, em duelo válido pela última rodada da Seletiva Estadual.

        O Friburguense encerrou sua participação na Seletiva com dois pontos conquistados em dez rodadas. Alguns atletas foram dispensados antes mesmo do término da competição, e a partir de agora, o clube começa a planejar a participação na Série A2 do Campeonato Carioca, a nova segunda divisão. O torneio deve ter início em meados de maio, e o campeão garante vaga direta na primeira divisão do futebol estadual em 2022.

        Com o empate por 1 a 1 com a Cabofriense no Laranjão, o Nova Iguaçu terminou como primeiro colocado da Seletiva e volta a integrar a elite carioca. O campeonato começa no dia 6 de março, reunindo, além da equipe da Baixada Fluminense, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco, Bangu, Boavista, Madureira, Volta Redonda, Resende, Macaé e Portuguesa.

O jogo

        Seis dos 11 iniciais na escalação do técnico Cadão foram revelados pelo Friburguense. Nova oportunidade para os garotos conquistarem espaço para a sequência da temporada. A vontade de mostrar serviço, aliada ao desejo de não deixar a Seletiva sem ter vencido nenhuma partida encorajavam o Tricolor a buscar o resultado positivo em Saquarema. Na comparação com o time que empatou com o América, a novidade foi o retorno de Toshyia, na vaga de Wellington.

        Talvez por conta da inexperiência, os erros seriam inevitáveis, apesar da personalidade demonstrada pelo jovem time do Frizão. Aos seis, Willian bobeou frente a Alexandro, e o experiente camisa nove conseguiu finalizar para a defesa de Afonso. Pouco depois, após cobrança de falta e confusão na grande área, o goleiro tricolor operou verdadeiro milagre. Houve impedimento assinalado pela arbitragem no início do lance. Aos 15, Flavinho fez boa jogada, Gleison escorou, mas Léo Reis não conseguiu ajeitar para bater em gol. Minutos mais tarde, Gleison cobrou falta com perigo, rente à trave direita de Guilherme.

        O Sampaio voltou do tempo técnico com maior presença ofensiva, embora sem oferecer grandes ameaças. O Friburguense abusava da ligação direta, facilitando o trabalho da defesa do Galinho. Quando conseguiu sair com a bola no chão, aos 34, o Frizão descolou uma falta na entrada da grande área, após Toshyia ser derrubado por Roberto Júnior. Ricardo acertou a barreira, tentou no rebote, mas errou o alvo. Com o japonês, Thai e Gleison ativos, o Tricolor conseguiu ser um pouco mais perigoso nos minutos finais.

        Contudo, bastou a infiltração de Maicon Aquino aos 46 minutos, após cochilo da zaga, para a história do primeiro tempo mudar. Afonso dividiu com o atacante do Sampaio, e o árbitro interpretou como penalidade. Alexsandro cobrou no centro da meta e abriu o placar em Saquarema.

Segundo tempo

        A tentativa de defender o pênalti foi o último ato de Afonso na partida. Lesionado no lance, o camisa 1 deixou a equipe no intervalo de partida, e deu lugar a Marco Antônio. Pela direita, na jogada de Toshyia que terminou no chute travado do Léo Reis, o Friburguense tentou pela primeira vez na etapa final, logo aos dois minutos. Pouco depois, novo lance capital: a expulsão do zagueiro Roberto Júnior. O técnico Flávio Tinoco recompôs a zaga com a entrada de Peçanha, enquanto o Tricolor adiantou as linhas para tentar aproveitar a vantagem numérica. Não conseguiu até o tempo técnico, pelo menos.

        Problema na meta de um lado e de outro. Também contundido, Guilherme deixou o campo para entrada de Bruno, ex-Friburguense. Na primeira participação, uma saída providencial para cortar o levantamento de Ricardo. Aos 21, só acompanhou a bola escorada por Léo Reis, de cabeça, à esquerda. Com Gustavinho na vaga de Léo Reis, Cadão abriu mão da referência e passou a postar na movimentação para encontrar os espaços.

        Faltava o capricho na conclusão das jogadas. Igor, Gustavinho e Toshyia erraram. Gleison tentou resolver aos 34, mas foi travado no momento do chute. No duelo de Brunos, o Leal, do Friburguense, bateu falta com violência, mas parou no xará do Sampaio. A verdade é que, efetivamente, apesar de uma outra jogada mais bem trabalhada, o Tricolor não fez valer o fato de ter um jogador a mais durante quase toda a etapa final.

 

Ficha Técnica

Sampaio Corrêa 1 x 0 Friburguense

 

Campeonato Carioca Série A 2021

Fase Seletiva – Returno

5ª rodada

20/02/2021- 15h30

Estádio Lourival Gomes, Saquarema-RJ

 

Árbitro: Bruno Mota Correia

Assistentes: Márcio Queiroz e Diego da Silva Rocha

 

Sampaio Corrêa: Guilherme (Bruno), Diogo Oliveira, André, Roberto Júnior e Gonçalves (Berriel); Leomir (Rômulo), Baggio (Peçanha), Maicon Silva e Regis (Henrique); Aquino e Alexandro.

Técnico: Flávio Tinoco

 

Friburguense: Afonso (Marco Antônio), Igor, Bruno, Willian e Flavinho; Luiz Felipe, Gleison e Ricardo; Thai, Toshyia (Chris) e Léo Reis (Gustavinho).

Técnico: Cadão

 

Resultados da 5ª rodada - Returno

Sampaio Corrêa 1 x 0 Friburguense, Lourival Gomes

Nova Iguaçu 1 x 1 Cabofriense, Laranjão

América 3 x 1 Americano, Giulite Coutinho

 

A campanha do Frizão – Turno

Nova Iguaçu 1 x 0 Friburguense, Laranjão

Friburguense 1 x 1 Americano, EduardoGuinle

Cabofriense 2 x 1 Friburguense, Correão

Friburguense 1 x 2 América, Eduardo Guinle

Friburguense 1 x 2 Sampaio Corrêa, Eduardo Guinle

 

Returno

Friburguense 0 x 1 Nova Iguaçu, Eduardo Guinle

Americano 2 x 1 Friburguense, Antônio Medeiros

Friburguense 2 x 5 Cabofriense, Eduardo Guinle

América 4 x 4 Friburguense, Giulite Coutinho

Sampaio Corrêa 1 x 0 Friburguense, Lourival Gomes

 

Classificação – Seletiva

1º – Nova Iguaçu, 23 pts

2º – Cabofriense, 21 pts

3º – Sampaio Corrêa, 14 pts

4º – América, 12 pts

5º – Americano, 10 pts

6º – Friburguense, 2 pts

 

 

LEIA MAIS

Império Serrano também terá seu próprio time de futebol

Friburgo voltou a ter a modalidade regularmente, com treinos e participações em jogos e eventos

Derrota para Cabofriense, fora de casa, foi uma das poucas partidas sem ao menos uma polêmica envolvendo arbitragem

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol