A importância do yoga para crianças

sábado, 15 de fevereiro de 2020
por Igor Fonseca*, especial para A VOZ DA SERRA
A importância do yoga para crianças

Associar a prática de yoga com crianças parece algo impensável para a maioria das pessoas, pois se os adultos se sentem incapazes de permanecerem concentrados em uma aula regular, parece improvável que uma criança consiga se manter quieta, calada e concentrada. Mas as crianças respondem entusiasmadas aos jogos e brincadeiras propostos nas técnicas de yoga, já que lúdico é parte integrante do mundo infantil de todo ser humano. 

Através do yoga, as crianças exercitarão sua respiração e aprenderão a relaxar, para enfrentar o estresse, as situações de conflito, e a falta de concentração, problemas tão evidentes na sociedade atual. O yoga lhes ajudará no seu longo caminho até o domínio físico e psíquico, criando um ambiente propício para o desenvolvimento de uma criança atuante, criativa e interessada em aprender.

Entre os recursos usados para abordar o yoga com as crianças, estão os jogos, as brincadeiras, as músicas e a contação de histórias. Esse olhar sobre o lúdico não deve ser visto apenas como diversão, mas sim, com grande importância no processo de ensino-aprendizagem na fase da infância. 

De acordo com o pensamento de Piaget, as crianças só são livres quando brincam entre si, ocasião em que criam e desenvolvem sua autonomia, sendo outra criança o melhor brinquedo didático que elas podem explorar. Vygotsky diz que o brincar também funciona como agente de socialização, um balizador das relações humanas. 

A própria saudação “Namaste”, lema fundamental do yoga, que significa “a essência que habita em mim saúda a essência que habita em você”, sinaliza o quanto ela pode ensinar sobre empatia. O dom de se enxergar no outro e sentir o que ele sente é fundamental para quem vai formar a sociedade do futuro. 

Viver em harmonia com você mesmo, com seu próximo e com o meio ambiente é uma lição que a prática ensina. O lúdico é uma linguagem expressiva que possibilita conhecimento de si, do outro, da cultura e do mundo, sendo um espaço genuíno de aprendizagens significativas.

Domínio sobre o corpo  resistência e equilíbrio

O yoga é um dos instrumentos mais ricos para o desenvolvimento psicomotor de uma criança, fortalecendo habilidades que são cruciais para a sua evolução. Fatores como lateralidade, organização, noção espacial, esquema corporal são trabalhados, que são competências fundamentais para o progresso de uma criança até na sua vida acadêmica. 

Sua prática conecta a pessoa com o próprio corpo, e isso é valioso para todo mundo, mas para as crianças, que estão em fase de formação, se torna ainda mais importante. Além de ajudar as crianças a se conhecerem melhor, o yoga possibilita que enxerguem os limites e consigam trabalhar a favor de expandi-los. Elas passam a ter um maior domínio sobre o corpo, aumento da força, resistência física e mais equilíbrio. 

Os asanas (as posturas do yoga), possibilitam às crianças o desenvolvimento da coordenação motora tão necessária às atividades da escola, como por exemplo, escrever, recortar, manusear materiais. 

Existe um outro aspecto que merece muita atenção: As crianças também sofrem com ansiedade e estresse. A rotina puxada de atividades escolares e extracurriculares faz com que crianças desenvolvam esse tipo de problemas. Sinais como irritabilidade, distúrbios do sono, cansaço e queda do desempenho escolar são muito comuns em crianças que estão sobrecarregadas

O yoga é uma ótima opção para crianças que estão com esses transtornos, pois ela é capaz de acalmar a mente, diminuir os batimentos cardíacos, controlar a respiração, aliviar o estresse e aumentar a qualidade de vida. Respirar corretamente e a praticar afirmações positivas faz parte de suas técnicas. Tudo isso as ajuda a aquietar a mente. 

Dessa forma, elas aprendem a mudar o foco de seus pensamentos, tornando-os mais calmos, puros e positivos. Elas descobrem suas capacidades, aumentam sua autoestima e autoconfiança e, naturalmente, passam a realizar suas atividades do dia a dia com mais confiança e coragem.

O professor Hermógenes tem uma frase maravilhosa: “Quando eu disse ao caroço de laranja que dentro dele dormia um laranjal inteirinho, ele me olhou estupidamente incrédulo”. 

Trabalhar com crianças é como cultivar essas sementes, que são pequenas e de infinito potencial. Elas precisam ser semeadas com cuidado e amor, pois essa semente vai germinar em algum lugar e em algum momento, e quem se compromete com educação, sejam pais ou professores, precisa ter a paciência dos agricultores.para expandi-los.

*Igor Fonseca é instrutor de yoga

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: