Frizão bate o Nova Iguaçu por 2 a 1 no Laranjão

Tricolor só volta a campo no próximo dia 5, quando receberá o Americano
segunda-feira, 27 de janeiro de 2020
por Vinicius Gastin
Lucas foi alternativa importante para os contra-ataques no segundo tempo
Lucas foi alternativa importante para os contra-ataques no segundo tempo

Foram 45 minutos praticamente impecáveis do Friburguense no Laranjão. A ponto de marcar duas vezes, comandar as ações e ser pouco ameaçado pelo Nova Iguaçu. Na etapa final, após o gol do adversário aos 38 minutos, o receio pela repetição da história do jogo anterior chegou a rondar o campo, mas com coração e um sistema defensivo forte, o Tricolor da Serra segurou a vitória. Os gols de Raniel e Jorge Luiz, ambos no primeiro tempo, selaram o triunfo por 2 a 1 na tarde do último sábado, 25, e levaram a equipe comanda por Cadão aos quatro pontos no Grupo X.

O Friburguense divide a liderança com o América, sendo superado apenas no saldo de gols (o time rubro bateu o Americano por 4 a 0). Sem rodada no próximo fim de semana, o Tricolor volta a campo apenas no dia 5 de fevereiro, uma quarta-feira, quando recebe o Americano, às 15h, no Eduardo Guinle. Agora mais aliviado e respaldado por uma grande vitória na Baixada Fluminense.

O jogo

A cobrança por mais concentração durante a semana de treinos parece ter surtido efeito. Ao repetir a escalação do Friburguense, o técnico Cadão deu clara demonstração de que não havia muito o que mudar em termos técnicos ou táticos. A questão era entender as nuances do jogo, ser mais eficiente para matar o jogo quando tivesse oportunidades e, principalmente, reduzir os erros e desatenções na parte defensiva.

Havia algumas nuvens pretas no céu de Nova Iguaçu, anunciando uma chuva que, durante a partida, não chegou. O clima quente predominou fora e dentro de campo, e se a equipe da Baixada Fluminense procurou realizar jogadas rápidas pelas pontas, a defesa do Friburguense se mostrou bem postada desde o início, proporcionando ao meio-campo a oportunidade de ditar o ritmo da partida. 

Logo aos seis minutos, Jeffinho, de longe, colocou o goleiro Zé Carlos para trabalhar. Minutos depois, aos nove, o zagueiro Raniel aproveitou a sobra de bola na entrada da área e bateu colocado com categoria. Um belo gol no Laranjão, aplicando inclusive a "Lei do Ex", já que foi revelado no time laranja.

Em desvantagem, o Nova Iguaçu tentou ser mais efetivo no ataque, mas esbarrou no sistema defensivo tricolor. De fato, o goleiro Afonso trabalhou apenas aos 29 minutos, quando Bruno Santos recebeu em velocidade, avançou, cortou para o meio da área e bateu para a defesa segura do camisa um. 

Seguindo o planejamento de ser mais efetivo no ataque, o Friburguense chegou ao segundo gol aos 42 minutos, quando Raniel avançou pelo lado direito e cruzou. Jorge Luiz voltou a mostrar a pontaria afiada ao bater forte e acertar belo chute. A bola ainda explodiu no travessão antes de quicar dentro do gol.

Segundo tempo

À exemplo do que aconteceu no primeiro tempo, o Nova Iguaçu tentou pressionar nos minutos iniciais da etapa final, até mesmo pelo fato da desvantagem de dois gols. O Friburguense manteve a boa postura defensiva, e nos contra-ataques, buscava as jogadas para tentar definir o confronto. 

Aos oito minutos Lucas foi acionado pelo lado esquerdo e bateu cruzado para a boa defesa de Zé Carlos. Do outro lado, Toshyia também era opção de saída rápida e desafogo em meio as tentativas do time da casa. 

Com o passar do tempo, o Nova Iguaçu se arriscou mais no ataque, e o técnico Hermes Júnior intensificou a busca pelo primeiro gol ao promover algumas alterações. Aos 24 minutos, Bruno Santos, mais uma vez, foi lançado na área pelo lado esquerdo, mas não finalizou como gostaria e a bola passou relativamente longe da trave de Afonso. A pressão fez efeito aos 38 minutos, quando Jeferson Paulista chutou de fora da área e acertou o alvo  diminuindo o marcador.

Após ter aberto boa vantagem e permitir ao adversário marcar o primeiro gol, o Friburguense temeu pela repetição do filme que o assombrou na semana anterior. A torcida incentivava o Nova Iguaçu no Laranjão, enquanto o Tricolor da Serra era bravo na defesa. Gabriel Galhardo tentou de longe, mas Afonso fez a defesa.

Depois foi a vez de Fábio Henrique, que recebeu na entrada da área e bateu por cima. Aos 48 minutos, Paulo Henrique chutou e a bola pegou efeito, mas Afonso conseguiu se recuperar e espalmar. Uma vitória com a cara do Frizão: sofrida até o último minuto, suada, mas bastante valiosa.

 

Ficha Técnica

Nova Iguaçu 1 x 2 Friburguense

Campeonato Carioca Série A 2020

Grupo X – 2ª rodada

25/01/2020 - 15h

Estádio Jânio Moraes, Nova Iguaçu-RJ

Árbitro: Yuri Elino da Cruz

Assistentes: Rafael Rosa e Thayse Fonseca

 

Nova Iguaçu: Zé Carlos; Digão, Gilberto, Raphael Neuhaus, Iago Soares; Filipe Silva (Fábio Henrique), Paulo Henrique, Gabriel Galhardo, Dieguinho (Canela); Fabinho Ayres e Bruno Santos (Jeferson Paulista).

Técnico: Hermes Júnior

 

Friburguense: Afonso; Raniel, Bruno Leal, Magrão; Diogo, Jeffinho, Lucas, Ricardo, Jorge Luiz; Toshiya (Mancini) e Dedé (Jhonathan; depois, Estevão).

Técnico: Cadão

 

Resultados da 2ª rodada - Grupo X

Nova Iguaçu 1 x 2 Friburguense, Laranjão

America 4 x 0 Americano, Giulite Coutinho

 

3ª rodada - Grupo X

05/fev - Qua - 15h 

Friburguense x Americano, Eduardo Guinle

América x Nova Iguaçu, Giulite Coutinho 

 

Classificação 

1º- América, 4 pts

2º- Friburguense, 4 pts

3º- Americano, 1 pt

4º- Nova Iguaçu, 1 pt

 

Tabela do Frizão 

Friburguense 2 x 2 América, Eduardo Guinle

Nova Iguaçu 1 x 2 Friburguense, Laranjão

05/fev - Qua - 15h - Friburguense x Americano, Eduardo Guinle

08/fev - Sáb - 15h - América x Friburguense, Giulite Coutinho

15/fev - Sáb - 15h - Friburguense x Nova Iguaçu, Eduardo Guinle

19/fev - Qua - 15h - Americano x Friburguense, Antonio Medeiros

LEIA MAIS

Paduano é uma das equipes que seguem na briga pelo título e acesso

Siqueira pontua mudanças no futebol e traça planos para “mudar” a imagem passada pelo time

Com a parte social estável, desafio é apoiar o futebol do clube nos próximos três anos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol