Friburgo volta à bandeira laranja a partir desta segunda, 22

Funcionamento do comércio, bares e restaurantes volta a ficar mais restrito
sábado, 20 de fevereiro de 2021
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
(Foto: Henrique Pinheiro)
(Foto: Henrique Pinheiro)

Após oito semanas seguidas em bandeira vermelha, uma semana em bandeira laranja e duas em bandeira amarela, a Prefeitura de Nova Friburgo anunciou na noite desta sexta-feira, 19, que a classificação que valerá entre esta segunda-feira, 22, e o próximo domingo, 28, será novamente a laranja, que indica risco moderado de contágio pelo novo coronavírus.

A bandeira laranja restringe um pouco mais o funcionamento de diversos setores e atividades comerciais que estavam com restrições mais brandas, como bares, lanchonetes e restaurantes, por exemplo. Na próxima sexta-feira, 26, será realizada uma nova aferição para definir a cor da bandeira que valerá na semana seguinte.

O que pode funcionar em bandeira laranja

- Indústrias: funcionarão com capacidade de até 60% dos funcionários;
- Comércio e serviços: autorizado de 10h às 19h, de segunda a sábado;
- Bares e congêneres: autorizado com 30% da capacidade, das 7h às 19h;
- Restaurantes, lanchonetes e praças de alimentação de shoppings: autorizado com 40% da capacidade, das 7h às 23h;
- Barbearias e salões de beleza: poderão funcionar por meio de agendamentos. Não será permitida a espera dentro do estabelecimentos;
- Hotéis e pousadas: funcionarão com lotação máxima de 60% dos hóspedes;
- Clubes sociais: liberados para até 40% de capacidade, vedadas atividades de contato;
- Turismo e parques: liberados;
- Instituições religiosas: liberados para funcionar com até 60% da capacidade;
- Academias: funcionarão com 60% da capacidade;
- Shoppings: liberados, mantendo-se as regras sanitárias recomendadas. 

 

LEIA MAIS

Terras Frias contará com duas caves para harmonização com queijos; safra 2022 incluirá vinhos da uva Chardonnay

Em casos de resultado positivo, o tratamento é integralmente oferecido pelo SUS

No Brasil, estima-se que existam 920 mil pessoas vivendo com o virus HIV

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra