Estado do Rio terá Programa de Infraestrutura do Esporte

Governador Cláudio Castro sancionou a lei que pode alavancar o setor, definido como um principais focos de 2022
terça-feira, 18 de janeiro de 2022
por Vinicius Gastin
 Objetivo é contribuir para a democratização do acesso ao esporte para a população do Estado do Rio
Objetivo é contribuir para a democratização do acesso ao esporte para a população do Estado do Rio

Praticar e promover o esporte em Nova Friburgo, no Estado do Rio de Janeiro e no Brasil, de uma forma geral, é sempre um desafio para atletas e promotores. Sancionado pelo governador Cláudio Castro, o projeto de lei 5.259/2021, agora transformado na lei 9.531/2021, cria o Programa de Infraestrutura do Esporte. A ação foi publicada no Diário Oficial do Governo do Estado no último dia 28 de dezembro.

De acordo com o texto, de autoria do deputado estadual Ronaldo Anquieta, o programa será criado como meio de orientar a implantação e a manutenção de edificações e espaços esportivos no Estado do Rio, de maneira apropriada à promoção do desporto educacional e do desporto de alto rendimento.

"Criamos este projeto com o objetivo de contribuir para a democratização do acesso ao esporte para a população fluminense. Um dos grandes problemas do esporte em nosso estado é em relação à infraestrutura esportiva, que foi sucateada ao longo dos anos. O investimento nessa infraestrutura contribui para a formação de novos atletas, categorias de base e treinamento de equipes, com foco em modalidades olímpicas e paraolímpicas, ou simplesmente como melhoria da qualidade de vida da população fluminense. O programa visará pensar na infraestrutura esportiva, edificações e espaços físicos, com características técnicas próprias, destinados primordialmente à prática de atividades esportivas e de atividade física ou, ainda, à ciência do esporte voltada à pesquisa destinada ao melhoramento das atividades esportivas", explica o deputado Ronaldo Anquieta.

O secretário estadual de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, falou sobre a implantação do programa, que deverá ser realizada pela pasta: "Tenho certeza que este será mais um grande programa. Já temos várias obras em andamento voltadas para o lazer, habitação, saúde, educação, segurança, obras emblemáticas para a cultura e turismo, como o Museu da Imagem e do Som de Copacabana, assim como obras de infraestrutura, pavimentação, contenção de encostas e drenagem. Agora será o esporte o novo foco para 2022", completou Max Lemos.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: