Esta segunda-feira é dia de São Cosme e São Damião

Corrida pelo “catar doces” nas ruas resiste: Praça do Cônego tem fila nesta manhã
sábado, 25 de setembro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Fila de doce na Praça do Cônego nesta segunda (Foto AVS)
Fila de doce na Praça do Cônego nesta segunda (Foto AVS)

Nesta segunda-feira, 27, se comemora o dia de São Cosme e São Damião.Apesar de não ter tanta força na cultura popular como já teve há algumas décadas, a corrida pelo “catar doces” nas ruas ainda resiste. Na Praça do Cônego, por exemplo, havia fila na manhã desta segunda.

A história desses dois santos começa no século III da era cristã, em Egeia, e é envolta em lendas e folclores. O que se sabe é que os irmãos, gêmeos, eram filhos de uma família que se converteu ao cristianismo quando os dois eram adolescentes e, mais tarde, já adultos, os dois foram torturados e mortos por não negarem a fé cristã.

No Brasil, o culto aos santos começou em 1535, quando foi erguida a primeira igreja católica do país, em Igarassu (PE), que recebeu o nome deles. Mais tarde, como os escravos não podiam professar a própria crença, houve o sincretismo religioso da devoção trazida pelos portugueses com o culto aos orixás-meninos (os erês) da tradição africana yorubá.

Pela tradição, a forma de homenagear São Cosme e São Damião é distribuindo doces às crianças, seja para os católicos, os umbandistas ou aqueles que, de uma forma ou outra, devotam aos santos irmãos alguma graça alcançada. Embora a tradição tenha sua origem num costume pagão, a igreja católica a adotou como forma de incentivar a caridade entre os fiéis.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: