Empresa de Friburgo é alvo de golpe de falso site de vendas

Dados como CNPJ, inscrição estadual e endereço foram sequestrados para comércio fraudulento de material médico-hospitalar
quarta-feira, 28 de julho de 2021
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
O boletim de ocorrência registrado na 151ª DP
O boletim de ocorrência registrado na 151ª DP

Um casal de empresários, donos de uma pequena empresa de venda de equipamentos odontológicos com sede em São Geraldo, está denunciando um golpe cibernético do qual foram vítimas na semana passada - e que pode atingir outras empresas de Nova Friburgo e do Brasil. Eles tiveram dados de sua empresa, como CNPJ, inscrição estadual e endereço, sequestrados por um falso site de vendas de material médico-hospitalar, supostamente hospedado nos Estados Unidos.

Os golpistas se valeram do nome, endereço e o registro da pequena empresa friburguense,  a Sandi Serviços e Comércio de Equipamentos Odontológicos Ltda, fundada há 26 anos, para vender produtos a atacado em valor inferior ao praticado no mercado, através do endereço eletrônico atacadosandi.com.br. O casal agora luta pela retirada completa do site do ar.

Segundo a dentista Carla Suely Pereira Ribeiro, o golpe já foi denunciado à Polícia Civil, com boletim de ocorrência registrado, ao Ministério Público estadual, através de sua Ouvidoria, à Receita Federal e à Justiça. O esquema foi descoberto no último dia 19, quando o casal passou a receber, através de uma rede social, perguntas de supostos clientes. Alguns produtos à venda superam o valor de R$ 12 mil, acima do capital social da empresa. 

“Estamos diante de verdadeiros estelionatários, que não têm qualquer produto para entregar, sendo certo que não somos os responsáveis por tais vendas. A quantidade de material vendido, valores e estrutura apresentada no site são totalmente incompatíveis com o praticado pela empresa”, diz o empresário Roberto Reis Dias, em vídeo divulgado nas redes sociais.

“Pegaram os dados da nossa microempresa e passaram a negociar valores altos com nossos dados, como se fôssemos nós comercializando. Montaram o site como se fôssemos uma grande distribuidora, quando temos só peças de reposição de dentista. Sequestraram minha microempresa para transformarem no negócio deles, manipulando da maneira como bem entendem”, acrescentou Roberto.

A VOZ DA SERRA aguarda detalhes das investigações, a cargo da 151ª DP.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Golpe