Empate tira o Frizão das semifinais do segundo turno da Série A2

Tricolor da Serra lutou, perdeu pênalti, mas não conseguiu alcançar a vitória
terça-feira, 10 de agosto de 2021
por Jornal A Voz da Serra
 Lucas foi uma das melhores figuras do Friburguense em campo no Alzirão
Lucas foi uma das melhores figuras do Friburguense em campo no Alzirão

O Friburguense precisava vencer e torcer para seguir com chances de buscar o título do segundo turno da Série A2. Nem um, nem outro. Em duelo bastante disputado, com direito a um pênalti desperdiçado por João, o Tricolor da Serra ficou no 1 a 1 com o Maricá na tarde do último sábado, 7, no estádio Alzirão, em Itaboraí. Além de conquistar os três pontos, a equipe comandada por Cadão ainda dependeria de um tropeço do Artsul, que acabou não acontecendo – a equipe da Baixada Fluminense bateu o Sampaio Corrêa por 2 a 1.

Desta forma, as semifinais da Taça Corcovado terão os embates entre Gonçalense e Maricá e Audax Rio e Artsul. O time de São Gonçalo já havia garantido a vaga com uma rodada de antecedência, e ficou com o primeiro lugar do Grupo A após empatar em 1 a 1 com o Macaé Esporte, no Ferreirão, em Cardoso Moreira. Com o mesmo placar no Alzirão, o Maricá ficou com o segundo lugar do Grupo B.

Já o Audax também selou a liderança do Grupo B ao ficar no empate de 1 a 1 com o Americano, no Estádio do Trabalhador, em Resende. O time meritiense vai medir foças na semifinal contra o Artsul, que bateu o Sampaio Corrêa por 2 a 1, no Lourival Gomes, na Região dos Lagos, e ficou com o segundo lugar do Grupo A.

Na outra ponta da tabela, de classificação geral, o Duque de Caxias acabou rebaixado para a Série B1 do Carioca. A derrota por 1 a 0 para o América, no Giulite Coutinho, selou o destino do Tricolor Caxiense – que encerrou a competição sem ter conquistado uma vitória sequer. Quem se salvou com esse resultado foi o Angra dos Reis, que venceu a Cabofriense por 2 a 1, no Jair Toscano, na Costa Verde.

Fato é que o Friburguense ainda está vivo na briga pelo acesso à elite do futebol do Rio de Janeiro. O Tricolor terá pela frente a remarcada semifinal da Taça Santos Dumont, o primeiro turno da Série A2, contra o Audax. O duelo acontece no próximo sábado, 14, às 15h, no estádio do Trabalhador, em Resende. O Frizão precisa vencer para chegar à decisão, marcada para o próximo dia 18, uma quarta-feira. O empate favorece ao adversário, por ter feito melhor campanha no primeiro turno.

O jogo

Aos 25 minutos, Mauro cobrou escanteio direto para o gol, algo que já havia tentado, a bola passou pelo homem base da trave e Afonso fez grande defesa. No entanto, Lelê apareceu no rebote, tocou de cabeça e abriu o placar para os donos da casa. O Friburguense seguiu apostando na velocidade pelos lados, explorando principalmente o lado direito, com Lucas, para tentar vencer a forte marcação do Maricá. O goleiro Arthur apareceu bem em algumas oportunidades para evitar o empate.

Na etapa final, o Frizão manteve a postura e já poderia ter empatado o duelo aos 11 minutos. Lucas foi acionado pela direita, ganhou na velocidade do marcador e foi derrubado na grande área. Pênalti assinalado, cobrado por João e defendido por Arthur no canto esquerdo. Luiz Felipe ainda teve a chance no rebote, mas parou novamente no goleiro do Maricá. Se não teve sorte na bola parada, João mostrou faro de artilheiro e, aos 19 minutos, apareceu na pequena área para escorar o passe de Lucas e empatar a partida.

O Friburguense se manteve superior na partida, e seguiu explorando a velocidade de seus homens de frente em busca da virada. Cadão promoveu algumas alterações, e colocou o time mais a frente para tentar encontrar o segundo gol. O Tricolor martelou pelo alto, por baixo, mas não conseguiu balançar as redes novamente. A esta altura o Artsul já vencia a sua partida, excluindo as chances matemáticas de classificação. Resta agora a semifinal da Taça Santos Dumont. O sonho permanece vivo.

Ficha Técnica

Maricá 1 x 1 Friburguense

Campeonato Carioca Série A2 2021

Taça Corcovado – 2º turno

6ª rodada

07/08/2021 - 15h

Estádio Alzirão, Itaboraí-RJ

Árbitro: Thiago Ramos Marques

Assistentes: Thiago Pinto e Richardson da Silva

 

Maricá: Arthur, Rafael França, Índio, Helton e Luan; Sidney, Dedé, Luan Patrick e Walber; Mauro e Lelê.

Técnico: Marcus Alexandre

 

Friburguense: Afonso; Murillo, Jhonata, Cristopher e Flavinho; Luiz Felipe, Damião, Ricardinho e Rodriguinho; Lucas e João.

Técnico: Cadão

 

Taça Corcovado – Tabela do Frizão

  • Friburguense 1 x 1 Angra dos Reis, Eduardo Guinle
  • América 0 x 0 Friburguense, Giulite Coutinho
  • Friburguense 2 x 0 Macaé, Eduardo Guinle
  • Sampaio Corrêa 2 x 1 Friburguense, Lourival Gomes
  • Friburguense 1 x 1 Audax, Eduardo Guinle
  • Maricá 1 x 1 Friburguense, Alzirão

 

Resultados

6ª rodada da Taça Corcovado

  • Angra dos Reis 2 x 1 Cabofriense, Jair Toscano
  • América 1 x 0 Duque de Caxias, Giulite Coutinho
  • Macaé 1 x 1 Gonçalense, Antônio Medeiros
  • Sampaio Corrêa 1 x 2 Artsul, Lourival Gomes
  • Audax Rio 1 x 1 Americano, Trabalhador
  • Maricá 1 x 1 Friburguense, Alzirão

 

Classificação

Grupo A

  • 1º – Gonçalense, 11 pts
  • 2º – Artsul, 10 pts
  • 3º – Friburguense, 7 pts
  • 4º – Americano, 6 pts
  • 5º – Cabofriense, 2 pts
  • 6º - Duque de Caxias, 2 pts

 

Grupo B

  • 1º – Audax, 14 pts
  • 2º – Maricá, 12 pts
  • 3º – América, 11 pts
  • 4º – Sampaio Corrêa, 7 pts
  • 5º – Angra dos Reis, 6 pts
  • 6º - Macaé, 6 pts

 

Semifinais da Taça Corcovado

Próximo dia 21, às 15h

  • Gonçalense x Maricá, Alzirão
  • Audax Rio x Artsul, Trabalhador

 

 

LEIA MAIS

São Luiz e Unidos do Alto se enfrentam às 11h e São Pedro e Nilo Martins, às 13h

Equipe luta pelo acesso e pode fazer com o Frizão, em 2022, o Clássico da Serra na A2

Lateral-direito Nhayson, de 21 anos, rumou para o Esperança de Lagos, clube que disputa a Série F do Campeonato de Portugal

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol