Em Friburgo, número real de infectados hoje é de cerca de 700 pessoas

Com mais 64 registros em 24 horas, sobe para 1.463 o total de casos confirmados de Covid desde o início da pandemia
sexta-feira, 07 de agosto de 2020
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Movimento na rua esta semana (Foto: Henrique Pinheiro)
Movimento na rua esta semana (Foto: Henrique Pinheiro)

Durante toda a pandemia, a Prefeitura de Nova Friburgo tem divulgado boletins com números atualizados do total de pacientes acometidos pela Covid-19. Tendo como base esses dados, é possível estimar quantas pessoas estão, de fato, infectadas atualmente no município. Segundo a própria prefeitura, até a noite da última quinta-feira, 6, o município registrava 1.463 casos confirmados, com 658 deles recuperados e a perda de 73 vidas. Ao fazer a conta, subtraindo os óbitos e o número de casos de pacientes curados, pode-se afirmar que o número de pessoas que hoje estão realmente com o vírus em Nova Friburgo não passa de 732.

É importante frisar que esse número tem como base as informações divulgadas pela prefeitura que reconhece o não acompanhamento de todos os casos positivos, uma vez que muitas pessoas se recuperam em casa. Em diversas oportunidades o município informou também que conta com a compreensão dos pacientes positivados para que evitem circular em ambientes públicos, façam o isolamento social e tomem os devidos cuidados para não transmitir o vírus, apesar de também reconhecer que não há como fiscalizar todas essas pessoas.

Falta de responsabilidade de parte da população 

Apesar da orientação e do pedido da prefeitura, A VOZ DA SERRA tem recebido diariamente denúncias dando conta que pessoas testadas positivas para o coronavírus têm circulado pelas ruas, algumas delas sem equipamentos de proteção facial, o que acaba ajudando a espalhar ainda mais o vírus pelo município.

 “Há o caso de um senhor que foi testado positivo para Covid-19 e no dia seguinte saiu às ruas normalmente para fazer compras em supermercados, no centro da cidade”, disse uma leitora ao entrar em contato com nossa redação. “Hoje meu vizinho está curado, mas na época em que ele estava com o vírus volta e meia eu o via saindo de moto, ficando horas fora de casa. Sabe-se lá quantas pessoas podem ter sido contaminadas por ele. Uma total falta de responsabilidade”, observou outro leitor, em tom de crítica.

Número de mortes está em 73 desde terça-feira

 De acordo com o novo Boletim Coronavírus divulgado na noite desta quinta-feira, 6, pela Prefeitura de Nova Friburgo, subiu para 1.463 o número de casos confirmados de Covid-19 no município – 64 novos casos em apenas 24 horas. Do total, 250 são profissionais de saúde, com dois óbitos confirmados. Ao todo, o município registra 73 mortes – o mesmo número divulgado nos dois últimos boletins.

Nova Friburgo ainda contabiliza outros 95 pacientes com suspeita da doença. Desses, 62 estão em casa aguardando resultados dos exames, 28 estão internados e ainda há cinco óbitos em investigação. A prefeitura também informa o registro de 658 pacientes recuperados e 2.491 casos descartados. Ao todo, 4.049 testes de Covid-19 foram realizados no município até agora.

Ocupação de leitos 

Ainda de acordo com o boletim divulgado pela Prefeitura de Nova Friburgo, a taxa média de ocupação nos leitos de UTI destinados exclusivamente ao tratamento de pacientes com Covid-19 nesta quinta-feira, 6, foi de 55,2%: (Raul Sertã: 50%); (Unimed: 50%); (São Lucas: 83,3%); (Serrano: 50%). Dos 38 leitos disponíveis, 21 estavam ocupados. Já nos leitos de enfermaria, a taxa de ocupação foi de 66,1%: (Raul Sertã: 89,4%); (Unimed: 71,4%); (São Lucas: 45%); (Serrano: 50%). Dos 68 leitos disponíveis, 45 estavam ocupados.

Números do Estado 

Já de acordo com o Governo do Estado, são 174.064 casos e 13.941 óbitos confirmados no Estado do Rio de Janeiro. Ainda segundo o Secretaria Estadual de Saúde, Nova Friburgo estaria com 1.483 casos da doença - 20 a mais que o registrado pelo município - e 72 óbitos - um a menos que o apontado pela Prefeitura de Nova Friburgo. 

 

LEIA MAIS

Total de casos confirmados supera os 2.900, com registro de 57 novos em apenas um dia

Relatório aprovado por unanimidade, com 24 votos, será agora votado em plenário. Caso aprovada, denúncia seguirá para o TJ

Medida altera a lei que previa o fim da calamidade no último dia 1º de setembro

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra