Drogas são apreendidas em Olaria após duas ações da PM

Operações resultaram na apreensão de farta quantidade de maconha e cocaína e na prisão de um homem
quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
O material apreendido em Olaria (Foto: 11 BPM)
O material apreendido em Olaria (Foto: 11 BPM)

Policiais militares do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Nova Friburgo realizaram duas operações contra o tráfico de drogas entre a noite da última segunda-feira, 15, e a manhã de quarta-feira, 16. As ações ocorreram nos bairros Olaria e Alto de Olaria e resultaram na apreensão de farta quantidade de maconha e cocaína e na prisão de um homem de 48 anos.

Segundo informações passadas pela seção de comunicação do 11º BPM, na primeira ocorrência a PM recebeu denúncias anônimas informando sobre a guarda de entorpecentes na Rua Julia Irene Andrade, no Alto de Olaria. Chegando ao local, os agentes encontraram uma sacola enterrada em um monte de areia no interior de uma obra, contendo 506 sacolés de cocaína e 135 trouxinhas de maconha. Um homem de 62 anos foi conduzido à 151ª DP apenas na condição de testemunha. A droga ficou apreendida e a testemunha ouvida e liberada.

Na segunda operação, desta vez na manhã de quarta-feira, policiais do serviço reservado (P2) se dirigiram à Rua Francisco Nicolau, no bairro Olaria, onde prenderam um homem de 48 anos com quatro tabletes de maconha e 266 sacolés de cocaína. A ocorrência foi apresentada na 151ª DP onde o acusado foi autuado por tráfico de drogas e permaneceu preso, bem como toda a droga ficou apreendida.

 

LEIA MAIS

Homem foi preso com 3.855 unidades de cocaína e 790 de maconha

Armas usadas pelo acusado, que tinha mandado de prisão em aberto, foram encontradas depois em Conselheiro

Ele ficou preso na Deam por ser reincidente, com o agravante de estar na condicional por tráfico

Publicidade
Cadima

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: tráfico