Diocese de Nova Friburgo inicia transmissão de missas pela internet

A cada dia um padre celebrará a missa, sempre às 15h, em rodízio
segunda-feira, 23 de março de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Dom Paulo Antônio De Conto celebra missa pela internet (Divulgação Diocese)
Dom Paulo Antônio De Conto celebra missa pela internet (Divulgação Diocese)

A Diocese de Nova Friburgo anunciou que a celebração das missas está sendo feita pela internet no Facebook oficial @diocesedenovafriburgo, para evitar o avanço do coronavírus. A medida, segundo o administrador apostólico, Dom Paulo Antônio de Conto, visa a evitar a aglomeração de fiéis nas paróquias e capelas.

A cada dia um presbítero celebra a missa, sempre às 15h. A primeira celebração online aconteceu no último domingo,  22, na residência episcopal, presidida pelo próprio Dom Paulo.

Para os demais dias foi preparada uma escala de padres para essas celebrações especiais.

 

LEIA MAIS

Alvo são pessoas acima de 60 anos e profissionais de saúde; doses estão sendo distribuídas aos poucos

Repartições municipais funcionarão em horário limitado, das 9h às 13h, e em sistema de rodízio de servidores, com efetivo reduzido

Paciente está em quarentena domiciliar, sem necessidade de internação, informa Unimed, que tem outros 6 casos suspeitos em ala isolada

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra