Confirmado 1º caso de varíola dos macacos fora da capital fluminense

Paciente de 25 anos é morador de Maricá e não viajou para o exterior
segunda-feira, 20 de junho de 2022
por Jornal A Voz da Serra
Confirmado 1º caso de varíola dos macacos fora da capital fluminense

O Ministério da Saúde foi notificado nesta segunda-feira, 20, sobre o oitavo caso registrado no Brasil do vírus monkeypox, conhecido como varíola dos macacos. O paciente é um rapaz de 25 anos, morador de Maricá. Ele não viajou para o exterior, mas teve contato com estrangeiros. O caso foi confirmado pelo Laboratório de Enterovírus do Instituto Oswaldo Cruz, no Rio, que utilizou o método de isolamento viral para fazer o diagnóstico.

De acordo com informações do Ministério da Saúde, o paciente está com quadro clínico estável, sem complicações e é monitorado pelo Instituto Nacional de Infectologia e pelas secretarias de Saúde do Estado do Rio e da Prefeitura de Maricá.

“Todas as medidas de contenção e controle foram adotadas imediatamente após a comunicação de que se tratava de um caso suspeito de monkeypox, com o isolamento do paciente e rastreamento dos seus contatos”, informou o Ministério da Saúde, que notificou a Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre o caso.

Casos investigados

Dois oito casos confirmados no país até o momento, quatro foram em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul e dois no Rio de Janeiro, sendo um na capital. Há, ainda, seis casos em investigação. O sétimo caso foi confirmado na última sexta-feira, 17, no Estado do Rio de Grande do Sul. As cinco pessoas que tiveram contato com o homem diagnosticado como varíola dos macacos no Rio de Janeiro não apresentaram sintomas até o último sábado, 18.

No fim de semana, a Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que deixaria de tratar de forma diferenciada os casos em países onde a doença é considerada endêmica, ou seja, com circulação o ano inteiro, e os demais países.

A varíola dos macacos era considerada endêmica em países da África Central e da África Ocidental, mas nos últimos meses houve relatos da doença em diversos outros países não endêmicos, especialmente na Europa, que já responde por 84% dos casos notificados, segundo a OMS.

Entre os dias 1º de janeiro e 15 de junho deste ano, a OMS foi notificada sobre 2.103 casos confirmados da varíola dos macacos, em 42 países, assim como um caso provável e uma morte.

 

LEIA MAIS

Desse número, 55 friburguenses doaram sangue pela primeira vez

Autoridades de saúde do município relacionam atual cenário epidemiológico ao clima do inverno, quando aumenta disseminação de síndromes gripais

Veículo foi visto em Cabo Frio, junto a festa e churrasco, no último fim de semana

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: saúde