Cerca de 1,5 milhão deixaram de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Estado do Rio é o que tem o maior número de faltosos
quinta-feira, 15 de abril de 2021
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Henrique Pinheiro)
(Foto: Henrique Pinheiro)

Enquanto muitos celebram, nas redes sociais, o momento em que tomam a vacina contra Covid-19, outros estão perdendo a oportunidade de ter a imunização completa contra a doença por não tomar a segunda dose. De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil, cerca de 1,5 milhão de pessoas não procuraram os locais de vacinação para tomarem a segunda dose. E o Estado do Rio é o que tem o maior número de faltosos, com mais de 143 mil pessoas sem tomar a segunda dose no dia marcado. Em Nova Friburgo, ontem, 14, teve início a imunização de idosos de 76 a 78 anos com a 2ª dose e a movimentação nos postos foi tranquila. A prefeitura, no entanto, não nos informou, até o fechamento desta edição, se a adesão à dose de reforço contra a Covid-19 também está abaixo da meta.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI), Francieli Fantinato, explica que mesmo aquelas pessoas que perderam o prazo estabelecido no cartão de vacinação para o reforço da vacina contra a Covid-19 devem procurar uma unidade de saúde para a segunda dose. "Destaco que, mesmo que vença o prazo, a recomendação do PNI é que elas completem o esquema. Quem atrasou e não conseguiu ir ao posto com 28 dias de intervalo da CoronaVac, ou aquelas que não conseguiram ir com 84 dias da vacina AstraZeneca, devem comparecer para completar o esquema", enfatizou a coordenadora.

Para garantir que esses mais de 1,5 milhão de pessoas estejam completamente imunizadas, o Ministério da Saúde, em parceria com Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), irá orientar a estratégia de busca ativa por essas pessoas, a fim de que elas completem o esquema vacinal, garantindo a eficácia completa do imunizante.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: