Campanha da Fraternidade será aberta neste domingo em Friburgo

Fiéis farão caminhada do Suspiro até a Catedral onde será celebrada missa solene
sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Neste domingo, 1º de março, será aberta oficialmente na Diocese de Nova Friburgo a Campanha da Fraternidade 2020. Neste ano, será abordado entre os fiéis católicos  tema: “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o lema: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, extraído da bíblia, no evangelho de São Lucas, capítulo 10, versículos 33 e 34. O tema da campanha remonta a mais nova santa brasileira, Santa Dulce dos Pobres, que dedicou toda a sua vida ao auxílios aos mais necessitados no nordeste do país. 

A abertura da Campanha da Fraternidade será às 14h30 com concentração dos fiéis na Praça do Suspiro. Às 15h, terá início a Caminhada de Fé, com cinco paradas ao longo do caminho até a Catedral São João Batista, na Praça Dermeval Barbosa Moreira, onde será celebrada missa às 16h com o padre Marcelo Piller. O administrador apostólico Dom Paulo de Conto vai celebrar a missa de abertura da Campanha da Fraternidade, no município de Macaé. 

A Campanha da Fraternidade acontece todos os anos durante a Quaresma, período de 40 dias entre a quarta-feira de cinzas e o Domingo de Ramos (abertura da Semana Santa) e estimula os fiéis ao recolhimento, à oração e a mudança de comportamentos e de vida, com incentivo à renúncia aos pecados. A Quaresma simboliza ainda os 40 dias que Jesus Cristo se recolheu em oração antes de sofrer o martírio da crucificação, morte e ressurreição, episódios lembrados pela Igreja Católica na Semana Santa. Durante a Quaresma é desenvolvida ainda a tradição do jejum de carne vermelha, preferencialmente às sextas-feiras e é o período no qual a igreja utiliza os paramentos na cor roxa durante as celebrações.  

Precauções nas missas devido ao coronavírus 

Como precaução ao coronavírus, a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou nesta sexta-feira, 28, em seu site, que durante as missas os padres missas não deverão distribuir a comunhão (hóstia consagrada) diretamente na boca dos fiéis que deverão recebê-la na mão esquerda e levá-la à boca com a mão direita, conforme determina o preceito católico. A CNBB também orienta que, durante as missas os fiéis não dêem as mãos uns aos outros na oração do Pai Nosso e que a saudação entre os fiéis com um aperto de mão ou o Abraço da Paz, antes da comunhão, sejam substituídos por “um sentimento de bem querer em relação ao próximo”. 

 

LEIA MAIS

Tema deste ano é “Fraternidade e diálogo: compromisso de amor” e traz o lema “Cristo é a nossa paz, do que era dividido, fez uma unidade”.

Na solenidade de posse, ele destacou suas quatro propostas de trabalho: alegria, gratidão, misericórdia e unidade

Dom Paulo administrará a Diocese de Nova Friburgo até que o papa Francisco nomeie o novo bispo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra