Bravo libera indústrias a partir de segunda, mas só com 50% da operação

Setores administrativos estão autorizados a abrir a partir desta quinta para organizar reabertura parcial; comércio ainda em estudo
quarta-feira, 27 de maio de 2020
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
O prefeito Renato Bravo durante a
O prefeito Renato Bravo durante a "live" (Reprodução da web)

Em uma "live" (transmissão ao vivo) de três minutos, na noite desta quarta-feira, 27, o prefeito Renato Bravo anunciou que decidiu autorizar o funcionamento apenas dos setores administrativos das indústrias friburguenses a partir desta quinta-feira, 28, para poderem planejar e organizar a retomada gradual das atividades a partir da próxima segunda-feira, 1º de junho. O funcionamento das indústrias, no entanto, será parcial, com apenas 50% da mão de obra e com o cumprimento de medidas de distanciamento físico e higienização para evitar a contaminação pelo coronavírus. A operação com capacidade produtiva reduzida tem o objetivo de evitar, segundo ele, aglomerações nos transportes públicos.

Os detalhes da medida serão publicados em decreto nesta quinta. Conforme decreto municipal em vigor, até o próximo domingo, 31 de maio, a cidade permanece em quarentena, apenas com os serviços considerados essenciais em funcionamento, e mesmo assim com restrições.

Bravo disse que continuará estudando ao longo desta semana a flexibilização para outros setores da economia, como o comércio. Segundo ele, o "plano de retomada gradual e segura das atividades econômicas" no município levará em conta o comportamento dos números da pandemia, a análise técnica dos profissionais de saúde  e o quadro de ocupação de leitos. 

 

LEIA MAIS

“Os critérios para definir bandeira não podem ter como único fator ocupação do CTI”, diz defensor

Segundo a prefeitura, servidores estão sendo chamados para serviços de limpeza e manutenção

Organização social Iabas agora afirma que nunca houve data prevista para entrega

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra