Alerj constata desemprego e falta de moradia em Nova Friburgo

Comissão verificou que há sobrecarga da rede de serviços públicos no município devido à pandemia
quarta-feira, 26 de maio de 2021
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Caio Oliveira / Alerj)
(Foto: Caio Oliveira / Alerj)

A Comissão Especial de Enfrentamento à Miséria da Alerj, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, vem percorrendo os municípios fluminenses e esteve na última segunda-feira, 24, em Nova Friburgo. Na ocasião, os membros da comissão verificaram que Nova Friburgo enfrenta problemas como falta de moradia, desemprego e sobrecarga dos serviços públicos. Durante a vistoria, a presidente da comissão, deputada estadual Renata Souza (PSol), verificou que dentre os mais de dez mil moradores de Nova Friburgo incluídos no Cadastro Único para o recebimento de benefícios do Governo Federal (CadÚnico) e vivem hoje em situação de extrema pobreza, pelo menos 3.500 não recebem qualquer benefício e 36% dos friburguenses em idade ativa têm empregos formais.

A deputada Renata Souza verificou também que a pandemia ampliou ainda mais a sobrecarga da rede de serviços públicos no município, que, por ser um polo regional no Centro-Norte fluminense, é referência em atendimento da população de outros municípios da região, que forma a maioria dos dez mil atendimentos mensais na Unidade Pronto Atendimento (UPA) do distrito de Conselheiro Paulino. 

A Comissão de Enfrentamento à Miséria, da Alerj, também verificou uma sobrecarga do Centro Municipal de Referência no Atendimento à Mulher (Crem) do município. Nesse sentido, a deputada Renata afirmou que vai oficiar o Governo do Estado do Rio de Janeiro para que seja providenciada a abertura, em Nova Friburgo, de um Centro Estadual de Atendimento à Mulher. “Observamos que não existe uma articulação entre as diversas prefeituras da região para pensar soluções conjuntas para os problemas em comum. A Comissão Especial pode contribuir para promover esse maior diálogo entre as cidades”, disse Renata, que conversou com o prefeito, Johnny Maycon (Republicanos), e com a secretária municipal de Assistência Social, Eliana Lopes. 

A parlamentar também visitou o bairro Rui Sanglard, se reuniu com representantes de organizações da sociedade civil; foi ao restaurante popular da prefeitura, ao Centro de Referência da Mulher (Crem) e ao Centro de Cidadania LGBT Hanna Suzart. 

 

Publicidade
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 78 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: