Acusado confesso de matar jardineiro em Theodoro volta a ser preso

151ª DP pede e Justiça concede preventiva; ele havia voltado para a casa do crime
sexta-feira, 29 de abril de 2022
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
Acusado confesso de matar jardineiro em Theodoro volta a ser preso

Policiais civis da 151ª DP, prenderam na manhã desta quinta-feira, 29, em Theodoro de Oliveira, o homem acusado de matar a pauladas o jardineiro Alfredo Costa  Rafael, mais conhecido como Alfredinho, de 47 anos, na manhã de segunda-feira, 25. O mandado de prisão preventiva, por homicídio qualificado, foi pedido pela delegacia e expedido pela 1ª Vara Criminal de Nova Friburgo.

O acusado foi preso em casa, a mesma onde cometeu o crime,  e não ofereceu resistência. Ele será transferido para o sistema penitenciário.

Segundo a delegacia, que em menos de 24 horas elucidou o crime, o acusado confessou o crime após cair em diversas contradições ao ser interrogado. Inicialmente ele deu a versão de que a vítima teria caído do telhado, sendo desmascarado pela perícia realizada no local.

Levado para a delegacia após o encontro do cadáver por policiais do 11º BPM, ele foi liberado e voltou para Theodoro, deixando toda a vizinhança apreensiva. O pedido de preventiva foi solicitado pela 151ª DP à Justiça com base em testemunhos e  na ficha pregressa do acusado: ele tem anotações criminais  e passagem pela Clínica Santa Lúcia em 2016 para tratar dependência química.

Segundo as investigações, ele teria usado um pedaço de pau para golpear a vítima, que foi encontrada desfigurada e sem roupa dentro de um poço. Os dois se conheciam, eram amigos e estavam alcoolizados quando tiveram uma discussão que terminou em briga corporal.  

 

LEIA MAIS

Os dois são presos por estupro de vulnerável em Olaria; acusado pagava R$ 2 pelo ato

Acusado insistia em ligar e mandar mensagens para a ex, além de rondar a sua casa

Mesmo proibido de se aproximar e fazer contato, ele telefonou para a vítima, foi atrás dela e a agrediu na rua

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: crime