Abertas inscrições para selecionar novos talentos literários na Região Serrana

Prêmio Rio de Contos recebe obras até 12 de novembro; autores selecionados ganharão minicursos, palestras e mentorias
terça-feira, 19 de outubro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Alguns dos premiados na primeira edição (Divulgação_
Alguns dos premiados na primeira edição (Divulgação_

Escritores da Região Serrana que sonham em ter seu texto publicado já podem se preparar. Com o objetivo de buscar novos talentos e fomentar a produção literária, o prêmio Rio de Contos está na sua 2ª edição e é um projeto realizado pela LER, Funarj e Mater Produções.  O prêmio é uma importante e fundamental estratégia, não apenas para fomentar a produção literária no Rio, como também a leitura, estabelecendo laços do leitor da Região Serrana e todo o Grande Rio com a literatura contemporânea. Esta iniciativa visa o firme semear da criação de um mercado sólido, potente e de qualidade, no qual ganham escritores, leitores, a cultura e o Estado do Rio.

O prêmio Rio de Contos 2ª edição permanecerá adequado e em pleno acordo com as recomendações de distanciamento social por conta da pandemia Covid-19, conforme preconizado pela OMS, e acontecerá 100% online, com o intuito de resguardar todos os envolvidos no concurso.

“Na primeira edição foram tantas e tão diversas e significativas inscrições, de textos com potenciais latentes vindos de todo os cantos do estado, que colocamos os pés nesta segunda edição plenos da mais absoluta experiência de termos visto na prática a concretização da teoria de que, sim, o RJ é um estado pleno de potenciais, repleto de gente escrevendo bem e querendo publicar. Pessoas que precisam de oportunidades, de aberturas de portas e do suporte técnico sólido e adequado para se transformarem em potências literárias”, conta Bárbara Caldas, idealizadora do projeto, lembrando que o verbo ganhou rostos femininos, masculinos, transgêneros e também não binários.

Ao proporcionar aos potenciais escritores uma oportunidade ímpar de serem revelados, lapidados e de terem seus textos publicados, os ganhadores da 1ª edição estão passando por todas as atividades e vivências que lhes são oferecidas pelo prêmio.

Luiz Henrique Ramanholi, autor do conto “Sobre peso e geladão de abacaxi”, revela: “Meu objetivo era saber o que as pessoas que eu não conheço, nem me conhecem, acham da minha história?, para ter um termômetro, e foi uma surpresa incrível ter sido selecionado junto com tanta gente talentosa. Estou muito feliz, surpreso, orgulhoso. É um estímulo gigante pra continuar escrevendo cada vez mais".

"A minha expectativa pra começar os trabalhos está grande, justamente pela ampla composição da equipe, formada por professores, jornalistas, por críticos de literatura e principalmente com relação à trajetória da escrita, edição e publicação do livro”, conta Sueka, autora do conto “Lá se vão os dias”.

Para conhecer os 20 autores selecionados na 1ª edição do concurso Rio de Contos, acesse o Instagram @premioriodecontos - além da breve história de cada um, é possível conhecer melhor seus respectivos contos e como está sendo todo aprendizado obtido através da formação literária exclusiva para os premiados.

Como participar:

As inscrições estarão disponíveis exclusivamente por meio digital para os candidatos de todo o Estado do RJ, a partir de 16 anos. Serão consideradas inscritas as obras recebidas até o dia 12 de novembro de 2021. O edital e o link do formulário de inscrição estão disponíveis no site https://www.lersalaocarioca.com.br/premioriodecontos/.

Serão selecionados, por um corpo de seis jurados atuantes no universo literário brasileiro, 20 textos que apontem potenciais talentos na literatura dentre a população residente no estado do RJ. O resultado sairá até o dia 23 de dezembro de 2021.

Premiação:

Os autores selecionados serão premiados com uma série de atividades focadas em suas respectivas formações, como minicursos, palestras e mentorias individuais, com grandes profissionais das letras brasileiras, num processo de reescrita e amadurecimento dos textos selecionados que serão publicados num livro ao final do processo pelo selo da Mater.

Tudo via plataforma, seguro, mas mantendo a pessoalidade e o cuidado individual que cada um merece. E mais: toda esta experiência será compartilhada virtualmente não só com o Rio de Janeiro, mas com todo o Brasil e também no além-mar, com os outros povos que também possuem como mãe a língua portuguesa.

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: