São Pedro e São Paulo terão dois fins de semana de festa em 2021

Proposta da Acisps é para compensar a ausência de festejos presenciais neste ano
sábado, 27 de junho de 2020
por Jornal A Voz da Serra
A igreja de Duas Pedras (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
A igreja de Duas Pedras (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

Nesta segunda-feira, 29, a Igreja celebra o dia de São Pedro e São Paulo. Nas comunidades que têm um dos santos ou ambos como padroeiros, os festejos este ano estão sendo de forma virtual, sem a participação dos fiéis nos templos, seguindo as orientações governamentais, sanitárias e eclesiásticas para evitar a proliferação de Covid-19. Em Duas Pedras, a Igreja Imaculado Coração de Maria, São Pedro e São Paulo  permanecerá aberto  das 9h às 18h e a programação será finalizada com a Santa Missa, às 19h, com bênção das chaves. Lembrando que as atividades serão transmitidas ao vivo pelo Facebook da paróquia (igrejaduaspedras).

Quem esteve em São Pedro da Serra na noite deste sábado, 27, não viu nada de diferente dos outros fins de semana, desde março: pracinha vazia, quadra vazia, poucas pessoas,  bares, lojas e pousadas às moscas. Tudo exatamente como determina o decreto municipal que ainda proíbe as atividades ligadas ao turismo em Nova Friburgo.

Mas se a pessoa olhasse direito para o calendário iria perceber que aquele não era um sábado qualquer. Era sábado de festa de São Pedro, a noite que reúne a maior quantidade de visitantes da vila todos os anos e alegra todos os moradores. E, exceto por um ou outro morador, a vila estava como uma cidade fantasma.

A festa de São Pedro é o melhor produto turístico da vila. Os pacotes de hospedagem começam a ser vendidos logo depois do carnaval. E, em seus bons anos, as pousadas já estão lotadas em maio para o período da festa. Numa média de 10 quartos por pousada. 400 quartos. 800 a 1.000 pessoas a mais. 

No ano passado, depois de uns três anos em que a organização da festa esfriou o evento com muitas restrições ao consumo de bebida nas barracas, foi feita uma edição mais profissional, com a Teia de Eventos realizando uma boa estrutura. 

A festa já foi organizada pela igreja, depois pela associação de moradores, depois disso voltou para a igreja e, pela primeira vez, no ano passado, foi organizada pela Associação de Comércio e Indústria de São Pedro da Serra (Acisps). Segundo o presidente da Acisps, Rodrigo Melo de Assis, para 2021, eles já estão pensando em dois finais de semana de festa para compensar este ano. 

Sobre São Pedro e São Paulo

Ambos são considerados “os cabeças dos Apóstolos” por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários. Pedro era um pescador, mas convidado pelo Cristo, tornou-se grande discípulo do Mestre, aquele a quem Jesus entregou as “chaves da Igreja”. Pedro escreveu duas Epístolas e foi martirizado por anunciar o Cristo. Saulo, nome de São Paulo antes de sua conversão, foi grande perseguidor dos cristãos, sendo, inclusive, responsável pela morte de muitos. Converteu-se após ouvir o chamado do próprio Cristo. Após este episódio, tornou-se grande evangelizador e escreveu diversas Epístolas. Paulo também foi martirizado por pregar o Evangelho.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: