Lojas vão poder abrir no feriado da próxima segunda

Para funcionar, comerciantes têm apenas que assinar termo de adesão à convenção coletiva
quarta-feira, 07 de outubro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Movimento nas ruas de Friburgo  (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
Movimento nas ruas de Friburgo (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

As lojas de Nova Friburgo e de alguns municípios vizinhos estão autorizadas a abrir suas portas na próxima segunda-feira, 12, feriado nacional em homenagem à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. A permissão consta da convenção coletiva firmada entre o Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Nova Friburgo, que estabelece ainda a necessidade de assinatura de termo de adesão para funcionamento das empresas em datas especiais.

Braulio Rezende, presidente do Sincomércio, ressalta que o termo de adesão objetiva regulamentar a abertura das lojas e preservar os direitos dos trabalhadores do setor. “Os empresários devem formalizar o documento para normatizar o funcionamento do comércio em dias e horários diferenciados. O procedimento garante igualmente que os direitos trabalhistas sejam respeitados”, explica ele, também presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Nova Friburgo.

Na opinião de Braulio Rezende, os empresários que decidirem pelo atendimento neste e nos demais feriados do ano terão a oportunidade de reduzir os prejuízos acumulados com a paralisação dos negócios por quase quatro meses em decorrência da pandemia do coronavírus.

“Nosso acordo não obriga ninguém a abrir sua loja, ele dá liberdade de escolha aos empresários. Na nossa experiência, observamos que quem faz essa opção costuma registrar bom movimento de vendas”, comenta. O presidente da CDL e do Sincomércio acrescenta que Nova Friburgo é importante destino turístico e costuma receber muitos visitantes em fins de semana prolongados. “Outra ótima razão para o comércio de nossa cidade apostar nos feriados”, destaca ele.  

Os municípios da área de abrangência do Sincomércio e do Sindicato dos Empregados no Comércio, que precisam seguir o acordo coletivo de Nova Friburgo em todas as suas cláusulas, são Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Macuco, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto e Sumidouro.

 

LEIA MAIS

Setor de estética foi um dos mais impactados com o isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus

"Os riscos não são democráticos", diz ambientalista sobre mulheres serem mais infectadas

Artistas agora deverão tocar e até cantar com máscaras; "biombo" transparente passa a ser apenas recomendação

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: negócios