Frizão vence Macaé, dá salto na tabela e segue vivo na Taça Corcovado

Vitória faz tricolor conquistar 3 pontos, respirar um pouco mais aliviado na tabela e seguir vivo na briga pelas semifinais
terça-feira, 05 de julho de 2022
por Vinicius Gastin
Frizão vence Macaé, dá salto na tabela e segue vivo na Taça Corcovado

Foi aos 44 minutos do segundo tempo. Pela valentia, chances criadas e apresentação segura, o Friburguense merecia. E Rodriguinho merece. Com as constantes ausências de Toshyia e Jorge Luiz por lesões – ambos foram novamente desfalques em Cardoso Moreira -, o jovem jogador assumiu a camisa 10, a faixa de capitão e a responsabilidade. Tem sido destaque, e desta vez, foi também decisivo. Rodriguinho marcou o gol da vitória contra o Macaé, no último minuto regulamentar da etapa final.

O triunfo por 1x0 na tarde deste último domingo, 3, no estádio Antônio Medeiros, foi fundamental. O Frizão saiu da lanterna do Grupo B, chegou aos quatro pontos na Taça Corcovado, e passou a ocupar a quarta posição, a três pontos do líder Maricá. Ou seja, segue vivo na briga pelas semifinais do segundo turno da Série A2 Carioca. Outro aspecto importante é a classificação geral: a vitória fez o Tricolor da Serra deixar a última posição, subindo para a oitava, com nove pontos ganhos. Para reforçar a importância do resultado, todos abaixo do Friburguense, do nono ao último (Americano, Cabofriense, Maricá e Angra dos Reis), somam oito pontos ganhos.

Dos três jogos restantes, o Frizão fará dois em Nova Friburgo – onde ainda não conseguiu vencer nesta edição da Série A2. E todos os rivais que virão pela frente estão abaixo da equipe comandada por Afonso, no geral. Ou seja: serão duelos diretos, emocionantes e decisivos. O primeiro deles já neste próximo sábado, 9 de julho, quando vai receber o Americano, às 14h45, no Eduardo Guinle, em seu quarto compromisso na Taça Corcovado. Na sequência os adversários serão Angra dos Reis, no Jair Toscano, e Cabofriense, em casa.

O jogo

O resultado diante do Olaria foi amargo. O Friburguense fez um jogo equilibrado, enfrentou um adversário duro de igual pra igual, e acabou sendo derrotado por conta de um gol de bola parada. Doeu, mas o tempo para lamentar era curto. Afinal de contas, a equipe teria mais um jogo decisivo em Cardoso Moreira.

Depois de uma semana de preparação, o técnico Afonso promoveu as entradas de Ryan e Wellerson, nos lugares dos lesionados Jorge Luiz e Toshyia. Esquema com três zagueiros mantido, e organização em campo também. Mesmo com um gramado irregular e bastante calor no Antônio Medeiros, o Frizão teve controle no primeiro tempo. Pouco ameaçado pelo Macaé, somou as melhores chances da etapa inicial. Na principal delas, Renato recebeu em profundidade, invadiu a área e parou em grande defesa de Milton Raphael. O time da casa teve na cabeçada de Mario Pierre, defendida por Pedro, o seu melhor momento aos nove minutos.

Os dois times foram bastante modificados ao longo do segundo tempo. Muito em função também do forte calor, e da busca por alternativas em um panorama de equilíbrio. O Friburguense se manteve organizado, e os garotos que entraram não se intimidaram. O Tricolor acreditou até o final, tanto que passou a pressionar na tentativa de encontrar o gol da vitória. E ele veio, exatamente com a participação de Lucas e Ronaldo, dois jogadores que haviam entrado no decorrer da partida.

Após troca de passes na entrada da área, a bola ficou à feição de Rodriguinho, e com categoria, o camisa 10 bateu colocado de perna canhota, no canto, para balançar as redes. Muita vibração após o gol, e a cada lance ganho para segurar o placar. A comemoração após o apito final dimensiona o tamanho da vitória em Cardoso Moreira.

O Friburguense entrou em campo com Pedro, Cris, Jean, Maurício; Lucas Mello, Mirral, Ryan, Rodriguinho e Barrozo; Wellerson e Renato.

 

Tabela do Friburguense – Taça Corcovado

  • America 0x0 Friburguense, Giulite Coutinho
  • Friburguense 0x1 Olaria, Eduardo Guinle
  • Macaé 0x1 Friburguense, Antonio Medeiros
  • 09/Jul – Sáb, 14h45: Friburguense x Americano, Eduardo Guinle
  • 16/Jul – Sáb, 14h45: Angra dos Reis x Friburguense, Jair Toscano
  • 27/Jul – Qua, 14h45: Friburguense x Cabofriense, Eduardo Guinle

 

LEIA MAIS

Foram três vitórias, quatro empates e quatro derrotas nos 11 jogos realizados em dois turnos

Como jogador, ele fez história com diversos títulos conquistados com a camisa do Friburgo

Entre os destaques da partida estavam a presença de um grande público e a participação de uma equipe da arbitragem da Ferj

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol