Frizão sai na frente, mas acaba derrotado pela Cabofriense

Empate no último minuto do primeiro tempo mudou a história do jogo no Correão
terça-feira, 26 de janeiro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Calor intenso em Cabo Frio foi mais um adversário para o Friburguense no final de semana (Foto: Jhonathan Jeferson)
Calor intenso em Cabo Frio foi mais um adversário para o Friburguense no final de semana (Foto: Jhonathan Jeferson)

Os primeiros minutos deram a impressão de que o Friburguense sairia de Cabo Frio com a primeira vitória na Seletiva do Campeonato Carioca Série A. Contudo, o Tricolor da Serra não conseguiu manter o mesmo ritmo a partir da metade final do primeiro tempo, viu a Cabofriense crescer na partida e vencer pelo placar de 2 a 1. Natan e Ricardinho marcaram para a equipe da casa na tarde do último sábado, 23, enquanto Ricardo balançou as redes do Correão a favor do time de Nova Friburgo.

A partir desta quarta-feira, 27, o Friburguense inicia uma sequência de três jogos consecutivos no Eduardo Guinle, dois deles válidos pelo primeiro turno e mais o jogo de abertura do returno. O primeiro da série é o confronto com o América, às 15h30.

O jogo

Sem poder contar com Jorge Luiz pelo restante da Seletiva, o Friburguense terá que buscar alternativas dentro do próprio elenco. E a opção escolhida para o jogo de Cabo Frio foi semelhante à bem sucedida da rodada anterior, quando Jorge deixou o campo lesionado. O técnico Cadão optou pela dobradinha com Ricardo e Wallace, e deu a eles a missão de equilibrar o setor por flutuar o camisa dez e capitão. Logo aos cinco minutos, uma amostra de que esse pode ser um caminho: após boa troca de passes, Luiz Felipe fez boa inversão e encontrou Ricardo infiltrando na grande área. Agora meia, ele dominou e bateu cruzado, de canhota, para abrir o placar.

O gol premiava um Friburguense aguerrido, marcando forte no campo de ataque, e alternando boas investidas pela direita, ora com Toshyia e Sanderson, ora com os apoios e movimentação de Thai e Jhonatan. O jogo parecia controlado até os 33 minutos, quando o técnico Rogério Correa promoveu três alterações de uma só vez na Cabofriense, e o time da casa cresceu na partida. Foram pelo menos três boas chegadas e uma intervenção de Afonso, até a equipe da casa empatar o jogo no último lance do primeiro tempo. Coutinho ganhou a disputa pelo alto com Bruno Leal, e rolou para Natan, com liberdade na linha da pequena área, estufar as redes.

Frizão não vai bem...

O panorama do início do segundo tempo lembrava muito a segunda metade da etapa inicial. A Cabofriense tomava a iniciativa, dominava as ações e o Friburguense não conseguia responder nos contra-ataques. Mesmo sem exercer grande pressão, o time da casa mantinha a posse de bola no setor ofensivo, e apresentava um repertório maior para tentar chegar ao segundo gol. Aos 12 minutos, Natan fez boa jogada pela direita, passou por Ricardo na linha de fundo e rolou para o meio da área. Ricardinho apareceu, com liberdade, e bateu forte para vencer Afonso e colocar a Cabofriense em vantagem.

O técnico Cadão tentou utilizar todas as armas disponíveis no banco de reservas. Mandou a campo os atacantes Lucas, Jefferson e o meia Sales. André também entrou para tentar qualificar o processo de criação das jogadas, mas nada surtiu efeito. De fato, o Friburguense não conseguiu reagir ao ponto de levar grandes perigos à meta de George, amargando assim a segunda derrota na competição.

Frizão perde Jorge Luiz: meia rompe ligamento cruzado e está fora da Seletiva

A derrota para a Cabofriense não foi a única notícia ruim para o Friburguense no fim de semana. Após exames, foi constatada a ruptura no ligamento cruzado do joelho do meia Jorge Luiz, lesionado durante o primeiro tempo da partida contra o Americano, na quarta-feira passada, 20, em Nova Friburgo.

A lesão é grave e o jogador que, foi o maior investimento do clube para a temporada, vai precisar passar por cirurgia e ficará fora, pelo menos, de toda a Fase Preliminar. Camisa dez e capitão da equipe, Jorge é também um dos líderes do elenco e referência técnica da equipe comandada por Cadão.

Nas redes sociais do Friburguense, foram várias as manifestações de carinho, de atuais e ex-jogadores do clube, em solidariedade ao segundo maior artilheiro da história tricolor, em mais de 200 partidas jogadas.

Ficha Técnica

Cabofriense 2 x 1 Friburguense

  • Campeonato Carioca Série A 2021
  • Fase Seletiva – Turno
  • 3ª rodada
  • 23/01/2021- 15h30
  • Estádio Alair Correa, Cabo Frio-RJ
  • Árbitro: Daniel Victor Silva
  • Assistentes: Rafael Rosa e Thayse Fonseca
  • Cabofriense: George, Michael, Alix Vinicius (Walber), Campestrini e Jackinha (Abner); Feitosa, Gama, Zé Flores (Ricardinho) e Pedrinho (Albert); Natan (Dedé) e Coutinho.
  • Técnico: Rogério Correa
  • Friburguense: Afonso; Sanderson (Jairo), Bruno Leal, Jhonata e Wallace; Luiz Felipe, Wellington (André), Ricardo (Sales) e Thai (Lucas); Toshyia (Jefferson) e Jhonatan.
  • Técnico: Cadão

Resultados da 3ª rodada:

  • Cabofriense 2 x 1 Friburguense, Correão
  • Americano 1 x 2 Sampaio Corrêa, Antonio Medeiros
  • América 1 x 1 Nova Iguaçu, Giulite Coutinho

 

Tabela do Frizão – Turno

  • Nova Iguaçu 1 x 0 Friburguense, Laranjão
  • Friburguense 1 x 1 Americano, EduardoGuinle
  • Cabofriense 2 x 1 Friburguense, Correão
  • 27/jan - Qua – 15h30 – Friburguense x América, Eduardo Guinle
  • 30/jan - Sáb – 15h30 – Friburguense x Sampaio Corrêa, Eduardo Guinle

 

Classificação – Seletiva

1º – Nova Iguaçu, 7 pts

2º – Americano, 4 pts

3º – Cabofriense, 4 pts

4º – Sampaio Corrêa, 4 pts

5º – América, 3 pts

6º – Friburguense, 1pt

 

4ª rodada - Seletiva

27/jan – 15h30 - Sampaio Corrêa x Cabofriense, Lourival Gomes

27/jan – 15h30 - Nova Iguaçu x Americano, Laranjão

27/jan – 15h30 – Friburguense x América, Eduardo Guinle

 

LEIA MAIS

Tradicional time da Rua Bariri, no Rio, tenta se reerguer no cenário do futebol carioca

Tradicional equipe da Zona Norte do Rio pode voltar a ser adversária do Friburguense em 2022

Paduano é uma das equipes que seguem na briga pelo título e acesso

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol