Frizão empata com Angra na estreia da Taça Corcovado

Próximo compromisso do Tricolor da Serra será nesta quarta, fora de casa, diante do América
terça-feira, 20 de julho de 2021
por Vinicius Gastin
Tricolor teve ótimo início, mas não fez os gols e se complicou na partida
Tricolor teve ótimo início, mas não fez os gols e se complicou na partida

O gol, as oportunidades criadas e o completo domínio dos 30 primeiros minutos deram a impressão de que não seria difícil somar três pontos. Mas o futebol cobra a falta de capricho e concentração. O Angra dos Reis encontrou o empate ainda no primeiro tempo, se fechou e contou com um tricolor pouco inspirado e efetivo no ataque. Com dificuldades para construir e concluir. O 1 a 1 na tarde do último sábado, 17, no estádio Eduardo Guinle, pode ser considerado tropeço, diante de um adversário bastante inferior tecnicamente.

A Taça Corcovado, mais corrida em comparação à Santos Dumont, reserva uma sequência de jogos também nos meios de semana. Desta forma, o Frizão volta a campo nesta quarta-feira, 21, quando enfrenta o América, às 15h, no estádio Giullite Coutinho.

O jogo

O mundo da bola funciona assim. Um jogador se destaca, outras equipes observam e as propostas aparecem. No universo financeiro do Friburguense, fica quase impossível competir com alguma oferta que possa aparecer, sobretudo se o clube a propor tiver um calendário completo previsto para o ano. Algo que faz toda a diferença para o profissional, sem contar, obviamente, com a oportunidade de receber um salário superior.

E foi assim que, entre o primeiro e o segundo turnos, o Tricolor da Serra perdeu o seu artilheiro. Um dos destaques da equipe comandada por Cadão, o centroavante Léo Reis, autor de três gols, acertou com a Inter de Limeira, clube que joga a Série D nacional. Desde a última semana já não treinava mais em Nova Friburgo. Chance, então, para o jogador João mostrar serviço. Assunto por conta do nome envolvido na suposta escalação irregular, o jogador assumiu a titularidade e pôde, enfim, mostrar serviço por mais minutos em campo.

Utilizando o lado esquerdo, na velocidade de Ricardinho, o Friburguense chegou a balançar as redes aos dois minutos: o camisa dez arriscou de fora da área, o goleiro não segurou e Jhonatan empurrou para o gol. Segundo o bandeira, no entanto, em posição irregular. Pouco depois, Ricardinho cobrou falta, Ferraz subiu, desviou e a bola, por muito pouco, não entrou. Lance que se repetiria minutos depois. Mais presente no campo de ataque, o Tricolor voltou a finalizar aos dez, com Léo Assis, mas sem a precisão pretendida pelo meia.

Martelando por baixo e por cima, com paciência para trocar passes e buscar os espaços, o Friburguense parou no travessão após uma bela cabeçada de João, aos 17 minutos. Quatro minutos depois, o camisa nove não perdoou, e testou com precisão o belo cruzamento de Murillo. Após o gol, o Tricolor diminuiu o ritmo e o Angra até ganhou algum terreno, mas esbarrou nos próprios erros técnicos, à exemplo de Jhonatan, que perdeu gol feito no rebote do goleiro visitante, após finalização de Luiz Felipe.

A falta de concentração custou caro, e aos 41, após um bate rebate e chutão da zaga visitante, Ferraz não cortou, Vinicius chegou primeiro que Afonso na bola e empatou a partida. João ainda teve a chance de recolocar o Frizão em vantagem no minuto final, mas bateu por cima da meta.

Segundo tempo

 As duas equipes voltaram do intervalo com as mesmas formações. O Friburguense tentou acelerar novamente – embora sem o ritmo intenso, enquanto o Angra dos Reis se fechou para buscar os contra ataques. De fato, com pouca inspiração e capricho na troca de passes, a posse de bola do Tricolor não rendeu grandes momentos nos 15 primeiros minutos. Cadão percebeu a falta de agressividade, tirou o zagueiro Bruno Leal e mandou a campo o atacante Lucas Sales. Pouco depois, apostou em Thai e Rodriguinho.

Depois de muito perde e ganha, o Friburguense voltou a chutar no gol aos 35 minutos, de longe e sem perigo, com Rodriguinho. Muito mais na base da pressão que da organização para construir as jogadas, o Tricolor da Serra partiu em busca do gol da vitória, contando ainda com os oito minutos de acréscimos. Aos 40, Thai arrancou e tentou bater cruzado na direção de Luís Felippe, que por milésimos não concluiu. Júnior ainda faria pelo menos duas defesas difíceis, impedido o segundo tento. A sensação é que o Friburguense deixa dois pontos pelo caminho.

Ficha Técnica

Friburguense 1 x 1 Angra dos Reis

  • Campeonato Carioca Série A2 2021
  • Taça Corcovado – 2º Turno
  • 1ª Rodada
  • 17/07/2021- 15h
  • Estádio Eduardo Guinle, Nova Friburgo-RJ
  • Árbitro: Ewerton Marques Ribeiro
  • Assistentes: Hugo Barreto e Márcia Alves

 

  • Friburguense: Afonso; Murillo, Bruno Leal (Lucas Sales), Ferraz e Neto (Flavinho); Luiz Felipe, Damião, Ricardinho e Léo Assis (Thai); Jhonatan (Rodriguinho) e João (Luis Felippe).
  • Técnico: Cadão

 

  • Angra dos Reis: Júnior, Sérgio, Victor, Carrasco e Ernani; Levi, Vinicius, Breno e Jones; Lucas e Pires.
  • Técnico: Leonardo Vitorino

 

Taça Corcovado – Tabela do Frizão

  • Friburguense 1 x 1 Angra dos Reis, Eduardo Guinle
  • 21/jul - Qua - 15h - América x Friburguense, Giulite Coutinho
  • 24/jul - Sáb - 15h - Friburguense x Macaé, Eduardo Guinle
  • 28/jul - Qua - 15h - Sampaio Corrêa x Friburguense, Lourival Gomes
  • 31/jul - Sáb - 15h - Friburguense x Audax, Eduardo Guinle
  • 07/ago - Sáb - 15h - Maricá x Friburguense, Alzirão

 

Resultados

  • 1ª rodada da Taça Corcovado
  • Cabofriense 1 x 1 América, Correão
  • Duque de Caxias 0 x 0 Macaé, Marrentão
  • Gonçalense 1 x 0 Sampaio Corrêa, Luso Brasileiro
  • Artsul 0 x 2 Audax Rio, Nivaldo Pereira
  • Americano 0 x 3 Maricá, Antônio Medeiros
  • Friburguense 1 x 1 Angra dos Reis, Eduardo Guinle

 

Classificação

Grupo A

  • 1º – Gonçalense, 3 pts
  • 2º – Friburguense, 1 pt
  • 3º – Cabofriense, 1 pt
  • 4º – Duque de Caxias, 1 pt
  • 5º – Artsul, 0 pt
  • 6º - Americano, 0 pt

 

Grupo B

  • 1º – Maricá, 3 pts
  • 2º – Audax, 3 pts
  • 3º – América, 1 pt
  • 4º – Angra dos Reis, 1 pt
  • 5º – Macaé, 1 pt
  • 6º - Sampaio Corrêa, 0 pt

 

2ª rodada

Quarta-feira, 21, às 15h

  • Macaé x Cabofriense, Antônio Medeiros
  • Sampaio Corrêa x Duque de Caxias, Lourival Gomes
  • Audax Rio x Gonçalense, a definir
  • Maricá x Artsul, Alzirão
  • Angra dos Reis x Americano, Jair Toscano
  • América x Friburguense, Giulite Coutinho

 

////////////////////

3 fotos – legendas:

1- Substituto de Léo Reis, atacante João marcou o gol do Friburguense na partida

2- 

3 – 

LEIA MAIS

Tricolor chega com chances na rodada final, mas não depende apenas de si para avançar

Tricolor da Serra volta a jogar em casa no fim de semana: adversário é o Audax, rival também na semifinal do 1º turno

Com nova perspectiva, Tricolor da Serra fura retranca e bate o Macaé; jogo decisivo ainda não tem data

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol