Friburguense empata com o Artsul e soma primeiro ponto na A2

Até agora, nas cinco partidas que deram início à segunda rodada da Taça Santos Dumont, quem jogou em casa não conseguiu vencer
terça-feira, 10 de maio de 2022
por Vinicius Gastin
Goleiro Pedro trabalhou bem quando exigido: Frizão volta a campo no próximo sábado
Goleiro Pedro trabalhou bem quando exigido: Frizão volta a campo no próximo sábado

O Friburguense saiu na frente, chegou a sentir o gosto da vitória, mas acabou cedendo o empate ao Artsul. Ainda assim, o ponto conquistado na tarde do último sábado, 7, no estádio Nivaldo Pereira, na Baixada Fluminense, merece ser valorizado. É o primeiro do Tricolor da Serra no Campeonato Carioca da Série A2, e simboliza a evolução da equipe, já citada e prometida pelo técnico Gerson Andreotti. Diante de mais um adversário com bom poder de investimento, o Frizão mostrou a sua capacidade de crescer e competir cada vez mais dentro da competição.   

A equipe de Nova Friburgo volta a campo no próximo sábado, 14, pela terceira rodada deste primeiro turno da Série A2, a segundona do campeonato estadual de 2022. Novamente em casa, o Tricolor da Serra receberá o Sampaio Corrêa, às 15h, no estádio Eduardo Guinle.

O curioso até o momento é que, com as cinco partidas que deram início à segunda rodada da Taça Santos Dumont, o primeiro turno do campeonato da Série A2, quem jogou em casa ainda não conseguiu vencer, repetindo o ocorrido na jornada inaugural (um empate e cinco derrotas). Macaé, Americano e Olaria, que haviam estreado com vitória, foram derrotados pelo América (0 a 3), Cabofriense (1 a 2) e Angra dos Reis (1 a 2), respectivamente. Artsul e Sampaio Corrêa saíram atrás, mas conseguiram escapar da derrota – o time de Saquarema empatou com o Gonçalense/Petrópolis por 1 a 1.

Assim, o Volta Redonda, que receberá o Maricá na próxima quinta-feira, 12, às 18h, no complemento da rodada, pode ser o primeiro mandante a vencer e se tornar o único com duas vitórias. Por outro lado, caso isso aconteça, o Tsunami seria o único com duas derrotas. Além disso, todos os 12 clubes já marcaram gol e foram vazados.

O jogo

Com mais alguns problemas de lesão, o técnico Gerson Andreotti também contou com reforços no banco de reservas. Contudo, dentro de campo, a equipe perdeu uma de suas referências com a ausência de Jorge. O jogador com idade mais avançada era Rodriguinho, com 24 anos.

Em casa, o Artsul tentou impor o seu jogo, mas a garotada Tricolor, bem postada e organizada, não se intimidou e cedeu poucos espaços para o adversário criar, sendo letal quando foi ao ataque na primeira metade da etapa inicial. Aos 18 minutos, após boa troca de passes em rápido contra ataque, Breno recebeu pela esquerda, avançou por dentro e arriscou. O belo chute de longa distância fez a curva suficiente para sair do alcance do goleiro Carlinhos.

Com o gol sofrido, o Trem Bala da Manilha tentou ser mais ofensivo. Aos 25 minutos, jogada trabalhada pela esquerda, e a bola chegou a Ruan, que ajeitou o corpo, da meia-lua, bateu colocado, no ângulo. A bola tocou no travessão.

O Friburguense assustou, numa jogada pela direita, quando após cruzamento rasteiro, Alan bateu firme, praticamente da marca do pênalti, mas Carlinhos fez milagre e evitou o segundo. O Artsul tentou construir as jogadas alternando os lados do campo, mas a marcação montada pelo tricolor foi eficiente e garantiu a vantagem até o intervalo.

Naturalmente, em desvantagem, o Artsul voltou para a etapa final com postura mais ofensiva. Hudson no lugar de Camilo, e Ronan, no lugar de Jheann, deram mais opções ao time da casa para tentar buscar o empate. Aos três minutos, Wander recebeu praticamente um passe de Carlinhos em cobrança de tiro de meta, invadiu a área e chutou em cima da meta.

O Artsul tentava, mas não conseguia furar o bloqueio do Tricolor da Serra. Aos 21, Hudson recebeu belo lançamento de Gian Carlos e chutou por cima. Em seguida, aos 22, Calamari achou Gian Carlos pela direita, mas o meia chutou fraco nas mãos do goleiro. O time da casa ampliou a pressão e, aos 37 minutos, após falta cobrada por Gian Carlos, Pedro espalmou, a bola bateu no travessão e sobrou para Hudson empatar. Gosto amargo por ter chegado perto da vitória, mas o ponto fora de casa, contra um adversário forte, tem o seu valor. E pode fazer a diferença para o Friburguense.

Tabela do Friburguense

Taça Santos Dumont

  • Friburguense 1 x 5 Volta Redonda, Eduardo Guinle
  • Artsul 1 x 1 Friburguense, Nivaldo Pereira
  • 14/mai – Sáb - 15h – Friburguense x Sampaio Corrêa, Eduardo Guinle
  • 21/mai – Sáb - 15h – Maricá x Friburguense, Elcyr Resende
  • 01/jun – Qua - 15h – Friburguense x Gonçalense, Eduardo Guinle

 

Taça Corcovado

  •  22/jun – Qua -15h – América x Friburguense, Giulite Coutinho
  • 25/ jun – Sáb -15h – Friburguense x Olaria, Eduardo Guinle
  • 02/ jul – Sáb -15h – Macaé x Friburguense, Moacyrzão
  • 09/ jul – Sáb -15h – Friburguense x Americano, Eduardo Guinle
  • 16/ jul – Sáb -15h – Angra dos Reis x Friburguense, Jair Toscano
  • 27/ jul – Qua -15h – Friburguense x Cabofriense, Eduardo Guinle      

 

LEIA MAIS

Tradicional clube de Olaria mantém atividades e faz novos projetos para os próximos anos

Técnico Andreotti ganha novas alternativas para montar o time na Série A2

Falta ritmo à equipe de Andreotti ao enfrentar o Volta Redonda

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol