Dia das Mães pode movimentar R$ 1,2 bilhão na economia fluminense

Expectativa é da Fecomércio, a partir de pesquisa com consumidores. Montante supera o do ano passado, porém é inferior ao faturamento em 2019
sexta-feira, 30 de abril de 2021
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Pexels)
(Foto: Pexels)

Segundo uma pesquisa recente realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec-RJ), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro, há uma grande possibilidade de que o Dia das Mães deste ano supere as vendas do ano passado, porém ainda será inferior ao resultado pré-pandemia em 2019. A data que é tida como a segunda melhor para o comércio devido a tradicional procura de presentes para as mães será celebrada neste ano no próximo dia 9 de maio.  

De acordo com a pesquisa, o índice de consumidores fluminenses que pretendem comprar presentes para as mães teve um aumento - de 55,8% (2020) para 61,8% (2021) - em 2019 essa porcentagem era de 80%. Já o gasto médio neste ano é estimado em R$ 143,10 por consumidor, o que pode representar uma movimentação de R$ 1,2 bilhão na economia do Estado do Rio. Em 2020 e 2019 os gastos médios por pessoa com a compra de presentes foram de R$ 150,48 e R$ 167,26, e o montante injetado na economia fluminense chegou a R$ 1 bilhão e R$ 1,7 bilhão, respectivamente. Já entre os que deixaram de comprar presentes no Dia das Mães nos dois últimos anos corresponde a 38,2%, em 2020 (44,2%) e 2019 (20%). 

Entre os itens escolhidos para presentear as mães neste ano, estão: roupas (31,7%), perfume/cosméticos (30,6%), calça/bolsa ou acessórios (23,1%), cestas de café da manhã (17,2%), flores (11,8%), joias/bijuterias (11,3%), bolos / chocolates (9,7%) e smartphones (5,9%).

Vale ressaltar que a sondagem da Fecomércio mostrou, ainda, que 30,6% dos consumidores tendem a comprar mais de um tipo de presente neste ano. Em relação ao tipo de loja, 39,1% devem recorrer às físicas, 32,1% às comprar online e 28,8% pretendem adquirir nos dois formatos. 

Em Friburgo, comércio autorizado a abrir amanhã para tentar aquecer vendas 

O Sindicato do Comércio Varejista de Nova Friburgo (Sincomércio) e o Sindicato dos Empregados no Comércio firmaram acordo que autoriza as lojas do município e região a, excepcionalmente, abrirem neste sábado, 1º de maio, feriado pelo Dia do Trabalho. A abertura opcional do comércio é também uma oportunidade para os consumidores anteciparem a compra de presentes para o Dia das Mães, aquecendo as vendas que estão bastante prejudicadas devido à pandemia.  

O presidente do Sincomércio, Braulio Rezende, ressalta que o comércio de Nova Friburgo passou muito tempo de portas fechadas devido aos decretos municipais que endureceram o funcionamento de vários setores da economia local e os lojistas necessitam recuperar as vendas. De acordo com Braulio, as empresas que optarem pela abertura amanhã precisam têm que formalizar o termo de adesão à convenção coletiva da categoria, de maneira a regulamentar o funcionamento no feriado.

“O dia 1º de maio é um dos poucos feriados que não estão incluídos na nossa convenção. Neste ano, entretanto, chegamos à conclusão de que dar licença para o comércio funcionar abrandaria os grandes prejuízos acumulados pelo nosso segmento desde março de 2020”, explica.

Braulio Rezende acentua também que a assinatura do termo de adesão significa importante garantia para a preservação dos direitos dos comerciários. O documento necessita do aval dos dois sindicatos – patronal e laboral – para assegurar sua validade.

“Sempre que quiserem abrir as lojas em datas especiais, os empresários devem providenciar o termo de adesão, que serve ainda para extensão do expediente, como acontece em dezembro, antes do Natal”, revela ele, também presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Nova Friburgo.

Os municípios da área de abrangência do Sincomércio e do Sindicato dos Empregados no Comércio que ficam obrigados a seguir o acordo coletivo de Nova Friburgo em todas as suas cláusulas são Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Macuco, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto e Sumidouro, onde também o comércio está autorizado a funcionar neste feriado.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: