Confiante, Cadão aposta no Friburguense: “Todos têm dificuldades”

Frizão terá seu primeiro desafio longe de casa no próximo fim de semana
quarta-feira, 02 de junho de 2021
por Vinicius Gastin
Confiante, Cadão aposta no elenco montado pelo Friburguense para a Série A2
Confiante, Cadão aposta no elenco montado pelo Friburguense para a Série A2

Mesmo com todas as conhecidas e já discutidas dificuldades que permeiam o contexto envolvendo o Friburguense, o clube conseguiu mobilizar algumas pessoas, empresas e jogadores, e desta forma, está pronto para a Série A2 do Campeonato Carioca. O Frizão ainda busca alguns reforços pontuais, à exemplo de um zagueiro, mas o time titular vem ganhando forma com o passar dos dias e treinamentos no Eduardo Guinle.

À frente do elenco, mesclado com jovens atletas, jogadores conhecidos da torcida e algumas novidades, está novamente o técnico Cadão. Ídolo da torcida tricolor, dentro e fora de campo, o comandante sabe o tamanho do desafio que o espera a partir do próximo sábado, 5. Contudo, demonstra confiança numa boa campanha e na possibilidade de reconduzir o Friburguense à primeira divisão do futebol do Rio de Janeiro.

“Estou sempre confiante, apesar das dificuldades que temos passado por conta dessa pandemia. As coisas ficaram difíceis em todos os aspectos, mas falo sempre para os jogadores que não é só pra nós. É um campeonato de 12 times, e acredito que todos estão com a mesma dificuldade, por serem clubes de menor porte. Desta forma tudo se iguala”, aposta.

Além do cenário que impõe dificuldades a todas as equipes, o técnico Cadão também se mostra satisfeito com o elenco montado pelo Tricolor da Serra. A manutenção de nomes importantes, à exemplo de Afonso, Bruno Leal, Flavinho, Ricardinho, Lucas Sales, Léo e Wellington foi um primeiro passo. Além deles, nomes como Murillo, Rodriguinho, Damião e Jhonatan reaparecem em Nova Friburgo e encorpam o elenco.

O volante Luiz Felipe, que acabou não concretizando a proposta financeira que teve, retornou e é mais um reforço comemorado. Peças como Léo Assis, Camilo e João chegaram para agregar, junto aos garotos da base. Alguns deles, à exemplo de Jhonata e Thai, já conquistaram espaço entre as principais opções para o treinador.

“Montamos um grupo, apesar de todas as dificuldades, e conseguimos resgatar alguns jogadores que já vêm trabalhando nos últimos anos com a gente. Ainda conseguimos contratar excelentes jogadores e o trabalho está fluindo. Temos treinado diariamente, quase sempre em dois períodos, e estamos arrumando o time, tatica e fisicamente.”

A caminhada do Friburguense começa no próximo sábado, 5, contra a Cabofriense. A partida acontece às 15h, no Correão, e já representa a oportunidade de reencontrar um adversário tradicional de primeira divisão. “A confiança para o jogo de estreia é grande. Tivemos praticamente um mês de trabalho. Formamos um time, esperamos estrear bem e fazer uma grande segunda divisão. É o que o torcedor e todos da cidade esperam, retornar à primeira divisão do futebol carioca”, pontua o treinador.

Sobre o adversário, Cadão ressalta que mudanças no comando técnico aconteceram em Cabo Frio, e por isso, fica mais complicado analisar o rival. Contudo, o técnico tricolor reforça a confiança no trabalho realizado em Nova Friburgo.

“A gente sabe que houve uma mudança de comando técnico em relação à Seletiva. Enfrentamos eles duas vezes naquela ocasião, preparamos o time de uma maneira, e agora a preparação é de outra forma. Quando acontece mudança no comando, muda também a forma de jogar. Mas o importante é que temos a nossa maneira de atuar, com aquilo que a gente implantou aqui, e temos que confiar nisso. Sabemos que a Cabofriense tem um bom time, mas precisamos buscar esses três pontos, que serão importantes para a nossa campanha”, avalia Cadão.

Sem TV...

A TV Alerj, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, chegou a anunciar que transmitiria os jogos da segunda e da terceira divisão do Campeonato Carioca. Os jogos ficariam disponíveis em transmissões em canais da casa e na página da Alerj no YouTube. No entanto, pelo menos quanto à Série A2, essa possibilidade está descartada.

Após reunião entre os clubes e demais envolvidos com o projeto, ficou resolvido que, pelo menos nesta temporada, os jogos da segundona não serão transmitidos pela TV Alerj.

Há, no entanto, a possibilidade de a Série B1, a terceira divisão deste ano, serem transmitidas. Antes, as transmissões dos jogos eram feitas pelos próprios clubes, por meio de uma parceria feita entre a Federação Estadual de Futebol (Ferj) e a TV NSports. O acordo inicial havia sido feito entre representantes dos clubes envolvidos nas competições e dirigentes da Ferj, entre eles o presidente, Rubens Lopes.

LEIA MAIS

Paduano é uma das equipes que seguem na briga pelo título e acesso

Siqueira pontua mudanças no futebol e traça planos para “mudar” a imagem passada pelo time

Com a parte social estável, desafio é apoiar o futebol do clube nos próximos três anos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol