Compra de equipamentos deixa Praça CEUs pronta para ser inaugurada

Espaço ainda não tem data para receber atividades devido à pandemia
sexta-feira, 10 de julho de 2020
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
(Fotos: Henrique Pinheiro)
(Fotos: Henrique Pinheiro)

A Prefeitura de Nova Friburgo publicou no Diário Oficial eletrônico do município na edição da última quarta-feira, 8, a homologação de licitação e autorização de despesa para a aquisição de equipamentos cênicos e projetores para os espaços culturais do Centro de Artes e Esportes Unificados, a Praça CEUs, agora denominada Estação Cidadania - complexo que reunirá ações das secretarias de Cultura, Esportes e Assistência Social -, localizada na Via Expressa, em Olaria. A compra, dividida por três empresas, custa, ao todo, R$ 85.020 aos cofres do município.

De acordo com a prefeitura, a licitação foi para aquisição de um rider de luz, equipamento de iluminação cênica para um teatro que funcionará no espaço. Também há uma sala de inclusão digital, biblioteca, quadra esportiva coberta, pista de skate, parquinho infantil, entre outros, onde serão promovidas atividades artísticas, aulas, oficinas, reuniões e diversas atividades. Ainda segundo o Governo Municipal, as obras de conclusão do espaço – iniciadas em 2012 e paralisadas diversas vezes -, já foram finalizadas, restando apenas a instalação dos equipamentos.

No entanto, devido a pandemia de Covid-19, essa etapa teve que ser paralisada. Em fevereiro deste ano foram realizados três encontros de mobilização social com a finalidade de compor o Conselho Gestor do Espaço (com membros da administração pública e da sociedade). Mas as reuniões também tiveram que ser suspensas em razão do coronavírus. Com isso, ainda não há previsão para o espaço ser inaugurado. A sugestão inicial era que isso tivesse ocorrido no último dia 21 de abril, Dia de Olaria.

Como as obras ficaram paralisadas por alguns anos, o local era alvo constante de vândalos e chegou a servir como moradia para pessoas em situação de rua. Devido a esses problemas, chegou a ser ventilada a possibilidade da sede da Guarda Civil Municipal ser transferida para lá, hipótese que foi descartada pela prefeitura. Na verdade, o que foi feito é um projeto anexo à antiga Praça CEUs, que contempla um campo de futebol society de grama sintética e uma base do Grupo Tático Móvel (Gtam) - um destacamento da GCM -, que também funcionará para a guarda da Estação Cidadania. 

O Projeto Solução, liderado pelo coronel Hespanha, ex-comandante do 11º BPM, que ensina judô a crianças carentes do município e funciona no local desde janeiro de 2017, seguirá funcionando no mesmo espaço. As obras de recuperação e finalização da Estação Cidadania foram retomadas pela Prefeitura de Nova Friburgo em outubro do ano passado, ao custo de R$ 574.226. O investimento inicial, ainda em 2012, durante a gestão do prefeito Sérgio Xavier, foi de R$ 1.571 milhão, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal. A previsão inicial de inauguração do espaço era maio de 2014, já durante o governo Rogério Cabral, mas o prazo foi alterado diversas vezes e  nenhum deles cumprido. Somados os valores da obra e da compra dos equipamentos, o espaço custará mais de R$ 2 milhões e ficará pronto cerca de oito anos após ter a construção iniciada.

Foto da galeria
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Praça Ceus