Caixa libera o abono salarial 2020/2021. Veja o calendário

Liberação do crédito começou esta semana; valor do benefício varia de R$ 88 a R$ 1.045
quarta-feira, 01 de julho de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Movimentação na Caixa Econômica de Nova Friburgo (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
Movimentação na Caixa Econômica de Nova Friburgo (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

A Caixa Econômica Federal iniciou nesta terça-feira, 30 de junho, a liberação de crédito do abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) e do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) referente ao calendário 2020/2021 para trabalhadores nascidos de julho a dezembro. São mais de 5,9 milhões de trabalhadores beneficiados com crédito em conta antecipado, totalizando R$ 4,5 bilhões em recursos injetados na economia.

A antecipação do início do calendário foi possibilitada pela publicação da resolução Codefat 857, de 1º de abril deste ano, como mais uma medida do Governo Federal para reduzir os efeitos econômicos da pandemia do coronavírus. Em anos anteriores o calendário de pagamento começou no final de julho. Para que ocorra o crédito nas contas dos trabalhadores na Caixa, os nascidos neste período precisam ter conta individual com movimentação e sem restrição impeditiva ao recebimento do crédito. Para os demais trabalhadores, o pagamento será escalonado conforme o mês de nascimento. Confira o calendário:

 

Nascidos em                    Recebem em

Julho                                 16-07

Agosto                              18-08

Setembro                         15-09

Outubro                             14-10

Novembro                          17-11

Dezembro                     15-12

Janeiro e Fevereiro            19-01-2021

Março e Abril                      11-02-2021

Maio e Junho                       17-03-2021

 

Mais de R$ 326,5 milhões injetados na economia fluminense

O valor do abono salarial varia de R$ 88 a R$ 1.045, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano base 2019. No Estado do Rio de Janeiro, são 416.101 trabalhadores nascidos entre julho e dezembro, totalizando R$ 326,55 milhões em recursos que serão creditados antecipadamente. Durante todo o calendário, a Caixa irá disponibilizar R$ 1,34 bilhão para 1.714.264 trabalhadores fluminenses. O trabalhador pode consultar o valor do benefício no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa (www.caixa.gov.br/abonosalarial) ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão, pelo número 0800 726 0207 9ligação gratuita). O abono salarial ficará disponível para saque até 30 de junho de 2021.

Quem tem direito ao abono salarial

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente para empregador inscrito no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) por pelo menos 30 dias no ano-base 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2019. O trabalhador com vínculo a órgãos públicos possui inscrição no Pasep e recebe o pagamento pelo Banco do Brasil.

Nova disponibilização do abono de 2019/2020

Os trabalhadores com direito a receber o benefício no calendário 2019/2020 que não realizaram o saque até o último dia 29 de maio terão uma nova oportunidade de sacar os valores. O abono salarial referente àquele exercício será liberado novamente no calendário 2020/2021, em atendimento à resolução Codefat 838, de 24 de setembro de 2019. O saque pode ser realizado a partir do próximo dia 16 de julho e ficará disponível até 30 de junho de 2021, nos canais de atendimento com cartão e senha cidadão, ou nas agências da Caixa. A consulta ao direito também pode ser realizada pelo App Caixa Trabalhador e pelo atendimento Caixa ao Cidadão, 0800 726 0207.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: