Serasa prorroga semana de "Queima Total de Dívidas" com até 99% de desconto

Quase dois milhões de acordos com consumidores já foram fechados
segunda-feira, 29 de março de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Movimento nas ruas de Friburgo na última sexta (Foto: Henrique Pinheiro)
Movimento nas ruas de Friburgo na última sexta (Foto: Henrique Pinheiro)

O sucesso foi tanto que a “Queima Total de Dívidas" foi prorrogada até 31 de março. Na ação, que faz parte da plataforma Serasa Limpa Nome, a Serasa, em parceria com empresas de diversos segmentos, oferece a cada 24 horas ofertas imperdíveis que podem chegar a até 99% de desconto no valor total da dívida.

Desde o dia 22 de fevereiro, data de início das Semanas de Ofertas, quase dois milhões de acordos foram celebrados. “Os números mostram que os brasileiros estão buscando uma forma de quitar suas dívidas. Ao prorrogar a semana de ofertas, nós queremos dar oportunidade para aqueles que tiveram algum empecilho nas últimas semanas e não conseguiram participar das ações”, diz Matheus Moura, gerente de marketing da Serasa.

No Brasil, existem cerca de 213 milhões de dívidas ativas e 62 milhões de inadimplentes com débitos de, aproximadamente, R$ 3.900 cada. São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Manaus e Fortaleza estão entre os municípios com maior número de negativados.

Para aproveitar essa oportunidade, os consumidores devem acessar a plataforma diariamente para verificar as empresas e ofertas do dia e, assim, fechar o acordo dentro do período da promoção. Além das ofertas relâmpagos, há ainda a oportunidade de quitar dívidas com outras companhias que não participam da “Queima Total de Dívidas”. 

Como fazer

1º Passo — Acessar o site www.serasa.com.br/limpa-nome-online ou baixar o aplicativo no celular, digitar o CPF e preencher um breve cadastro. Com isso, é possível usar os serviços com a garantia de que só você tem acesso aos seus dados. O consumidor também pode regularizar débitos financeiros pelo WhatsApp, através do número (11) 98870-7025.

2º Passo — Ao entrar na plataforma, todas as informações financeiras do consumidor já aparecerão na tela, incluindo as dívidas que tiver. Se quiser conhecer as condições oferecidas para pagamento, basta clicar em uma delas e serão apresentadas as opções para renegociar cada débito.

3º Passo — Depois que você escolher uma das opções de valor, é só escolher se vai ser à vista ou em parcelas e a melhor data de vencimento.

4º Passo — A plataforma da Serasa gera um ou mais boletos, dependendo da forma de pagamento escolhida, já com a data de vencimento correta. O boleto poderá ser pago tanto on-line quanto na agência do banco ou casa lotérica.

A ação é válida para quem for quitar à vista ou parcelar o débito, os acordos são fechados em menos de 3 minutos e as consultas podem ser feitas de forma gratuita nos seguintes canais:  site: serasalimpanome.com.br; App Serasa no Google Play e App Store; WhatsApp (11) 99575-2096; ligação gratuita 0800 591 1222.

Neste momento, a Serasa aconselha que as pessoas priorizem os meios digitais, mas para quem preferir negociar presencialmente em uma das unidades dos Correios, siga as orientações do Ministério da Saúde e acesse o site www.correios.com.br para conferir os horários de funcionamento antes de se dirigir a uma das agências. 

 

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: