Procon multa Correios em quase R$ 114 mil por atraso em entregas

Estatal também sofreu sanção por não responder às reclamações dos consumidores
sexta-feira, 15 de outubro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Procon multa Correios em quase R$ 114 mil por atraso em entregas

O Procon do Estado do Rio de Janeiro aplicou multa de R$ 113.991,11 na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos por atraso em entrega de correspondências aos clientes fluminenses após analisar a defesa apresentada pela estatal. O procedimento administrativo foi elaborado no segundo semestre de 2020, devido a um aumento de 374% das reclamações sobre os serviços prestados entre 27 de fevereiro e 4 de agosto de 2020 em relação ao mesmo período de 2019.

Os servidores do Procon analisaram as reclamações recebidas e constataram que as encomendas efetivamente sofreram atrasos consideráveis. Nesta semana, por exemplo, um assinante de A VOZ DA SERRA que reside no município de Niterói, procurou nosso setor adminitrativo para observar que dois exemplares do jornal com data de janeiro deste ano foram entregues pelos Correios em sua casa na última semana.

O Procon observou também que os consumidores enfrentaram nos últimos meses obstáculos para realizar as queixas sobre atrasos em entregas diretamente com os Correios. As reclamações foram recusadas pela empresa e as efetivadas, foram respondidas com explicações vagas, sem o fornecimento de qualquer perspectiva concreta de conclusão dos serviços.

“Os consumidores tiveram que sair do isolamento social e buscar uma das agências para tentar uma resposta a respeito da não entrega das encomendas. Ou ainda para pegar os pacotes que deveriam ter sido entregues nas próprias residências. Mesmo com o aumento da demanda, os Correios não tomaram medidas para prestar um serviço de qualidade e os cidadãos foram prejudicados”, declarou o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

Mesmo após ser notificada a dar explicações acerca das reclamações recebidas pelo Procon, os Correios continuam com respostas genéricas, que os atrasos se deram em virtude da pandemia da Covid-19 e da diminuição do efetivo de empregados, sem informar o que seria feito para melhorar a prestação do serviço.

A estatal afirmou também ter tido um aumento considerável da demanda durante a pandemia, porém não comprovou efetiva adaptação técnica para suprir as necessidades a fim de prestar um serviço adequado. Os correios têm o prazo de 15 dias para recorrer da multa aplicada pelo Procon-RJ.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: