Papa aceita renúncia de Dom Edney e nomeia bispo interino

Novo Administrador Apostólico, o gaúcho Dom Paulo Antonio De Conto, será apresentado em missa na Catedral em fevereiro
quarta-feira, 22 de janeiro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
O novo Administrador Apostólico, o gaúcho Dom Paulo Antonio De Conto (Divulgação)
O novo Administrador Apostólico, o gaúcho Dom Paulo Antonio De Conto (Divulgação)

O Papa Francisco aceitou nesta quarta-feira, 22, o pedido de renúncia anunciado por Dom Edney Gouvêa Mattoso ao governo pastoral da Diocese de Nova Friburgo. Dom Edney estava na Diocese desde sua posse canônica, realizada em 13 de março de 2010.

Com isso, o Papa designou Dom Paulo Antonio De Conto, bispo emérito de Montenegro (RS), como Administrador Apostólico da Diocese de Friburgo. Ele assumirá o cargo  até que o Papa  nomeie o novo bispo diocesano. 

Dom Paulo tomará posse como Administrador Apostólico, em reunião na Cúria Diocesana, na presença do Colégio de Consultores, em 31 de janeiro. A missa de apresentação  é aberta ao público e será realizada dia 9 de fevereiro, às 10h, na Catedral São João Batista. 

Biografia de Dom Paulo Antonio De Conto

Dom Paulo Antônio De Conto nasceu em 12 de outubro de 1942, em Jacarezinho, no Encantado (RS), sendo o quarto dos 12 filhos do casal Rosina Francisca Pretto De Conto e Pio Luiz De Conto.

Aos 6 anos de idade o menino começou seus estudos, em uma escola da comunidade, ao lado da igreja local. Estudou lá até os 11 anos, quando ingressou no Seminário em Arroio do Meio, ali permanecendo até concluir o ensino fundamental. Depois, foi para o Seminário de Gravataí, onde cursou o ginásio e o científico. Durante sete anos, esteve em Viamão, onde fez as faculdades de Filosofia e Teologia, dentro do seminário.

Ordenado padre, Dom Paulo começou sua atuação pastoral em Rio Pardo, como vigário paroquial. Foi pároco em Pantano Grande, na  Paróquia da Conceição, em Santa Cruz do Sul, pároco na catedral de Santa Cruz do Sul, reitor do seminário maior da Diocese de Santa Cruz, em Porto Alegre, e vigário geral da Diocese de Santa Cruz. Em 1991, foi nomeado bispo da Diocese de Cáceres (MT).

Dom Paulo foi ordenado bispo em 15 de setembro de 1991 e logo depois tomou posse da Diocese de São Luís de Cáceres, onde ficou durante sete anos, quando foi transferido para Criciúma (SC), para ser o primeiro bispo daquela diocese. Lá permaneceu por dez anos.

Em 2008, foi novamente transferido para ser o primeiro bispo da Diocese de Montenegro, recém-instalada. Em julho de 2015 foi nomeado pelo papa Francisco para ser administrador apostólico da Arquidiocese de Passo Fundo, cargo que desempenhou durante 6 meses, concomitantemente à Diocese de Montenegro.

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: