Organizadores de festas clandestinas são monitorados pela internet

Prefeitura disponibiliza canais por aplicativo e por e-mail para denúncias da população
sábado, 13 de fevereiro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Governo do Estado)
(Foto: Governo do Estado)

A Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), está realizando um trabalho de monitoramento das redes sociais.  O objetivo da ação é coibir a realização festas clandestinas e aglomerações, como ”raves” e “encontros pré-carnavalescos” irregulares, que estejam em desacordo com as normas sanitárias vigentes no período da pandemia.

Segundo a Delegacia, vários os eventos estão sendo monitorados e seus organizadores identificados. Eles vão responder pelos atos praticados. O titular da DRCI, delegado Pablo Sartori, já representou por medida cautelar judicial pedindo o bloqueio de contas dos organizadores e empresas envolvidas nos eventos. 

Denúncias

A prefeitura de Nova Friburgo disponibilizou um canal direto para denúncias de eventos clandestinos. O usuário deve enviar mensagem, por meio do aplicativo WhatsApp, para o número (22) 99291-9128. Outro canal de comunicação é o email: ouvidoria@pmnf.rj.gov.br.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: