Nova etapa do Campeonato Friburguense de Kart movimenta Guapimirim

Alguns incidentes foram registrados em alguns momentos das provas, gerando advertências e penalizações nas três divisões
quarta-feira, 19 de maio de 2021
por Vinicius Gastin
Pódio da etapa na Divisão 1: Alex Alfaya e João Azeredo dividem a liderança da competição (Foto: Ariane Zebende)
Pódio da etapa na Divisão 1: Alex Alfaya e João Azeredo dividem a liderança da competição (Foto: Ariane Zebende)

Na medida em que os pilotos vão à pista, conhecem o carro, as regras e todo o contexto das provas, o nível sobe e a competitividade aumenta. A segunda etapa do Campeonato Friburguense de Kart, promovida no último dia 25 de abril, no Kartódromo Internacional de Guapimirim (KIG), deu sequência ao calendário de competições promovidas. Alguns incidentes foram registrados em alguns momentos das provas, gerando advertências e penalizações nas três divisões, mas o bom desempenho dos participantes chamou a atenção dos organizadores.

“O destaque da etapa foi a Copa Caledônia, reunindo os iniciantes no nosso campeonato. Há três pilotos abaixo de 18 anos, e há pais correndo com filhos. Na primeira etapa foram registrados vários incidentes, e nesta fizemos um briefing e colocamos na pista. A surpresa foi ótima, pois o nível dos pilotos aumentou muito. Todos estão de parabéns, nos três níveis. Esperamos que a próxima etapa, em 23 de maio, seja tão boa quanto essa”, avalia Kleber Tavares, presidente da Associação Friburguense de Kart.

Após a permissão do kartódromo em incluir mais pilotos na pista, houve uma mudança de regulamento: a AFK possui duas divisões, 1 e 2, remanescentes das três da temporada passada. Os 21 melhores classificados em 2020 compõem a Divisão 1, quanto a 2 conta com os demais 20.

Alex Alfaya e João Azeredo lideram o campeonato com 21 pontos, cada. O piloto Adilson Mozer é o terceiro colocado, com 20, seguido por Deivid Teixeira, com 19 pontos. Dirley Guaceroni, Thiago Emmerick e Arthur Paladino.      Já na Divisão 2, Marcelo Melo e Vinicius Barreto aparecem na dianteira, com 21 pontos cada. Rodrigo Ferreira é o terceiro colocado, com 20.  Raphael Dutra, Vinicius Fortuna e Leo Werly aparecem na sequência da classificação.

Novidade em 2021, a disputa por equipes também promete ser acirrada, a Jordan, formada por Adilson Mozer e Matheus Sindra, lidera com 40 pontos, seguida pela Penske, composta por João Azeredo e Vinicius Fortuna, com 39. Na terceira colocação está a Hill, de Denilton Mozer e Giovanna Abrantes, com 33 pontos. Cada equipe é formada por um piloto de cada divisão, e o agrupamento foi feito através de sorteio. Os nomes relembram as grandes escuderias que marcaram época no automobilismo mundial.

Para o meio do ano, outra novidade será o Campeonato de Endurance, contando pontos para a competição geral de pilotos. Será uma espécie de etapa de resistência, e no final do ano, serão premiados os três primeiros no Individual de cada divisão e também as melhores equipes. Haverá medalhas para os sete melhores de cada etapa.

A Copa Caledônia

Além do Campeonato Friburguense, uma das novidades é a promoção da Copa Caledônia, reunindo um total de 20 participantes. Os três melhores sobem para a Divisão 2 da AFK em 2022. Felipe Venderosque lidera com 42 pontos, seguido por Otoniel de Oliveira, com 39, e André Montechiari, com a mesma pontuação. Leonardo Godinho, Fernando Antunes Heitor Montechiari, Lincoln Vichy e Rodrigo Freitas completam o ranking das primeiras colocações.

A competição conta com dez etapas, disputadas com karts de 13 hp, com exigência do peso mínimo de 90 quilos, considerando a vestimenta completa do piloto. A pontuação varia de acordo com a ordem de chegada na etapa, com o máximo de 18 pontos para o primeiro colocado.

O Troféu FKC – Copa Caledônia – vai ser entregue aos três primeiros colocados ao final do campeonato, e a cada bateria, os cinco primeiros ganham medalhas. Assim como na Copa Júnior, a posição de largada (qualifying) para todas as etapas será decidida em um treino classificatório de cinco minutos, onde todos estarão ao mesmo tempo na pista. As corridas têm a duração de 15 minutos.

Para a formação das baterias, os pilotos são divididos em dois grupos, e o preenchimento vai respeitar a posição da classificação geral de momento do campeonato. Para a etapa 1, os pilotos serão sorteados previamente à data da etapa. Caso até 18 pilotos compareçam, e etapa pode ser realizada em apenas um grupo, onde todos os pilotos correm na Bateria A, independente da classificação no campeonato.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: