Lojistas da Rua Farinha Filho e empreiteira se reúnem nesta quarta

Empresários querem saber detalhes da intervenção que visa evitar alagamentos
terça-feira, 05 de setembro de 2023
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Henrique Pinheiro)
(Foto: Henrique Pinheiro)

A Câmara de Dirigentes Lojistas e o Sindicato do Comércio Varejista de Nova Friburgo (Sincomércio) promovem nesta quarta-feira, 6, às 9h30, na sede de ambas as entidades, na Rua Fernando Bizzotto, 35, um encontro de comerciantes da Rua Farinha Filho com representantes da construtora Ômega. A empreiteira é a responsável pela execução das obras de drenagem do centro da cidade, para substituição de galerias de captação das águas das chuvas, que estão em andamento, sob a responsabilidade do Governo do Estado do Rio de Janeiro, As antigas galerias de concreto estão sendo substituídas por outras de maior diâmetro. 

Embora todos os lojistas da Rua Farinha Filho estejam cientes da necessidade da intervenção que visa acabar com os costumeiros alagamentos no centro de Nova Friburgo sempre que chove forte, principalmente naquela via, há uma preocupação coletiva quanto ao andamento da obra. 

No encontro, os comerciantes irão sanar dúvidas quanto ao prazo previsto para execução do serviço que exigirá a interdição total da Rua Farinha Filho ao tráfego de veículos, comprometendo também, consideravelmente, a circulação de pedestres nas calçadas e, até mesmo, a circulação de ônibus pelas pistas do lado par das praças Getúlio Vargas e Dermeval Barbosa Moreira. Os comerciantes temem que a obra se prolongue demais, prejudicando o movimento. O encontro foi intermediado pelo presidente da CDL e do Sincomércio, Braulio Rezende, e o coordenador regional da Secretaria estadual de Infraestrutura e Cidades, o ex-vereador friburguense, Nami Nacif.  

“Combinamos com a empreiteira de manter um canal de diálogo aberto para debater as dificuldades que surgissem e é o que faremos agora. A drenagem na área central do município é um pleito antigo do comércio, sempre reiterado aos órgãos públicos por mais de 20 anos, mas essa é uma intervenção que, evidentemente, cria transtornos para toda a população. Precisamos discutir o assunto”, pontua Braulio Rezende.     

Término da obra é previsto para novembro

Em outubro do ano passado, pouco antes das obras do sistema de drenagem terem sido iniciadas, representantes da empreiteira contratada pelo Estado se reuniram com autoridades municipais e comerciantes para explicar o projeto de execução. A obra foi iniciada na Rua Augusto Cardoso e chegou em seguida a um trecho da Avenida Alberto Braune, sendo paralisada em duas ocasiões por conta do Natal e do Carnaval. Depois, as intervenções prosseguiram nas ruas Monte Líbano e Carlos Alberto Braune e agora estão sendo finalizadas na Rua Dante Laginestra. 

Desde a semana passada, a obra está sendo realizada na confluência das praças Dermeval Barbosa Moreira e Getúlio Vargas. A última etapa será a Rua Farinha Filho. Inicialmente, o prazo previsto para o término da execução do novo sistema de drenagem de Nova Friburgo é novembro. A obra está orçada em mais de R$14,4 milhões.

 

Foto da galeria
(Foto: Henrique Pinheiro)
Publicidade
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 78 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: