Friburguense está entre os dez melhores personal trainers do Brasil

Educador Físico Raphael Correa representa também o estado e participará de mundial do Top Trainer Awards
quarta-feira, 09 de dezembro de 2020
por Vinicius Gastin
Friburguense está entre os dez melhores personal trainers do Brasil

A população de um modo geral parece entender com mais clareza, a cada dia, sobre a importância da atividade física. Já considerada atividade essencial em Nova Friburgo, está também oficialmente acoplada à área da saúde. E no município há um profissional classificado entre os dez melhores do país. Raphael Corrêa, de 38 anos, tentará agora ser o melhor do evento Top Trainer Award Brasil, previsto para acontecer na próxima sexta-feira, 11, e no sábado, 12.

Classificado entre os dez melhores personal trainers do Brasil, será o único representante de Nova Friburgo e Estado do Rio de Janeiro. “O primeiro personal trainer brasileiro foi pela empresa Life Fitness, em Nova Iorque, sendo considerado o melhor do mundo na área. Foi desta forma que ele se tornou CEO da empresa e trouxe essa marca para o Brasil”, explica.

O evento acontece desde 2014, e já nesta época o profissional acompanha a atividade. Desde que passou a se inteirar mais sobre o evento e o trabalho, Raphael conseguiu, em paralelo, algumas certificações que o qualificaram como profissional. Este ano, logo quando as inscrições foram abertas, em março, antes da pandemia, resolveu se inscrever no concurso. “Fui então selecionado para participar das etapas e das provas. Tudo foi feito à distância, online, com vídeos, perguntas e algumas questões técnicas através de plataformas específicas. Também somos obrigados a estudar línguas”, conta.

O evento ocorre anualmente em São Paulo, e em 2019, por exemplo, cerca de 40 mil profissionais participaram. Neste ano o número de inscritos inicialmente, embora não divulgado oficialmente, deve ter se aproximado dessa mesma contagem. Teve início então o processo de triagem, seleção e 100 foram escolhidos. Novas etapas foram acontecendo até que apenas dez melhores permaneceram, dentre eles Raphael. E o detalhe: todos eles já estão classificados para o Mundial.

No evento desta semana, o grupo será premiado e continuará participando das etapas e provas, até a definição do vitorioso. “A partir daí eles escolhem aquele que atende melhor o perfil. No próximo domingo, 13, vai ter um curso intensivo sobre produtos da área da educação física. É uma área em crescimento, já fazemos parte do setor da saúde a nível nacional. Aqui no município, a atividade física já está como serviço essencial, e outras cidades já avançam dessa mesma forma”, disse.

Formado em Educação Física em 2010 no Rio de Janeiro, Raphael é pós graduado em musculação, treinamento de força, com atuação também no Core 360 por treinamento funcional e pela WTTC. A partir destas especializações, o profissional pôde pleitear a participação neste concurso. “Quanto mais a gente estuda e conhece essas referências internacionais e nacionais, maior o reconhecimento da importância. E é importante ter esse referencial, para que a nossa área continue crescendo. Valorizar a nossa profissão significa nos valorizar também”, finaliza.

O evento

O Top Trainer Awards reúne profissionais graduados em Educação Física, registrados no sistema Confef/Cref com situação regularizada em 2020, e com habilitação de bacharelado ou da antiga licenciatura plena. O concurso é realizado em duas etapas este ano, sendo um regional e outra nacional. Todos os profissionais puderam participar de ambas, com finais específicas para cada uma delas.

Cada etapa regional teve uma final com dez participantes, e o vencedor regional garantiu uma vaga na etapa final do nacional. Ao avançarem para as eliminatórias da etapa nacional, tiveram que cumprir todas as etapas para efeito de pontuação. Estes cinco vencedores regionais, independente da classificação nas eliminatórias nacionais, garantiram vaga para a final nacional.

Após a etapa regional, novo processo foi realizado na e todos os participantes estiveram zerados de pontuação. Nessa etapa nacional foram mais dez finalistas sendo selecionados e somados aos cinco finalistas locais, reunindo 15 profissionais. O concurso é dividido em diversas etapas, onde cada participante vai somando pontuação conforme seu desempenho.

As etapas são: avaliação de currículo, graduações, pós-graduações, certificações, experiência profissional, especialidade clara e definida, marca de seu serviço, inovação e originalidade do atendimento, participação em congressos no último ano, avaliações específicas, técnicas modernas de treinamento, nutrição e suplementação esportiva, coaching e psicologia, marketing, gestão e carreira, liderança e motivação, comunicação e PNL, avaliação, planejamento e organização de programas, princípios de treinamento clássicos e modernos, posicionamento político estratégico sobre questões da EF, postura ética profissional, análise de redes sociais (Instagram, Facebook etc.) do profissional, gravação de vídeo e redação de texto sobre tema da área e conhecimentos sobre idiomas.

Nas etapas finais são realizadas algumas provas, incluindo preparação de micro programa e pequeno atendimento prático para análise do corpo de jurados, além de tarefas a serem reveladas apenas no exato momento da realização. Também é avaliado todo comportamento profissional durante os dias de evento, bem como comparado com o que o profissional fez e faz em seu dia a dia.

As notas dessa fase final serão somadas às das fases anteriores, gerando um somatório no qual o vencedor será aquele que obtiver maior pontuação. Cada um dos jurados irá dar sua pontuação para esta etapa, e a média deles que será somada à pontuação das etapas anteriores. O peso da etapa final é de 25% do total.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: