Festival de Vôlei reúne crianças, adolescentes e atletas master

Participaram do festival as equipes do Friburguense Atlético Clube, colégios Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora das Mercês, Miosótis, Assed, Almeida Guedes e Fribourg
sexta-feira, 01 de dezembro de 2023
por Vinicius Gastin
No segundo dia de evento, equipes de algumas escolas também participaram do festival (Fotos: Divulgação)
No segundo dia de evento, equipes de algumas escolas também participaram do festival (Fotos: Divulgação)

O ginásio Helena Decache, do Friburguense Atlético Clube, foi palco para mais um fim de semana especial para o vôlei de Nova Friburgo. Nos últimos dias 18 e 19, a Escola de Voleibol Ataque Duplo promoveu o 9º Festival da modalidade, reunindo crianças, adolescentes e atletas da categoria master.

“Agradeço o apoio e a confiança dos apoiadores do evento e a todos os atletas pelo comprometimento e amor ao esporte. Sem palavras para agradecer a disponibilidade dos pais e confiança no nosso trabalho diário”, resume o professor Carlile de Oliveira.

Participaram do festival as equipes do Friburguense Atlético Clube, colégios Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora das Mercês, Miosótis, Assed, Almeida Guedes e  Fribourg. No primeiro dia de evento, foram quatro times formados pelas atletas do grupo master.

Já no segundo dia, cerca de 150 crianças e adolescentes puderam participar do Festival de Voleibol. Pela manhã foram realizados os jogos das categorias Sub- 10 e Sub-13, e no período da tarde, categorias Sub-15 e Sub-18.

O Festival de Voleibol é realizado todos os anos, sendo esta, de 2023, a edição de número nove. A Escola de Voleibol Ataque Duplo, coordenada pelos professores Carlile de Oliveira e Maurício Corrêa Xavier, tem sua base no Friburguense, mas está também presente em várias escolas de Nova Friburgo, promovendo e incentivando a prática da modalidade.

Lei de Incentivo ao Esporte captou 75% mais recursos no 1º semestre

Projetos apoiados pela Lei de Incentivo ao Esporte captaram 75% mais recursos no primeiro semestre de 2023 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram mais de R$ 144 milhões até 30 de julho deste ano, contra R$ 82,37 milhões em 2022. Atualmente, quase 800 iniciativas estão em execução, beneficiando cerca de 805 mil pessoas.

Segundo o Ministério do Esporte, a lei busca o aumento do número de propostas e de recursos, além de descentralizar as iniciativas de incentivo aos esportes com o objetivo de democratizar e ampliar o acesso às atividades físicas.

Nos sete primeiros meses deste ano, foram apresentados mais de 1.600 projetos. O número é 48% superior ao mesmo período de 2022. A maioria das propostas é da manifestação desportiva educacional, o equivalente a 52,2% do total.

Em seguida está a de rendimento, com 22,1% e, logo depois, a de participação, com 20,8%. De acordo com o ministério, ao longo de 16 anos, a Lei de Incentivo ao Esporte já recebeu mais de 24.700 projetos e captou quase R$ 4,2 bilhões.

Entre as regiões, a maioria das propostas são do Sudeste, com 1.045. A região Sul vem na sequência, seguida pelo Nordeste, Centro-Oeste e Norte. Além de 22 internacionais. Os proponentes podem apresentar os projetos ao Ministério do Esporte até o dia 15 de setembro.

Foto da galeria
Meninas do Vôlei Master estiveram em quadra no primeiro dia de evento
Publicidade
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 78 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: