Contas de luz mais caras este mês com a volta da bandeira vermelha

Cobrança extra será de R$ 4,16 a cada 100 quilowatts consumidos
segunda-feira, 03 de maio de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Contas de luz mais caras este mês com a volta da bandeira vermelha

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou a bandeira tarifária que irá vigorar neste mês de maio: vermelha - patamar 1. Com isso, os consumidores brasileiros terão acréscimos nas contas de consumo doméstico de R$ 4,169 a cada 100 quilowatts consumidos. Em abril, a bandeira tarifária em vigor foi a amarela, que implicou na cobrança extra nas faturas de R$ 1,34 a mais a cada 100 kWh. Segundo a Aneel, foi necessário adotar novamente a bandeira vermelha - patamar 1 pelo fato de o mês de maio representar tradicionalmente o início do período de seca e escassez de chuvas em grande parte do território nacional.

A Aneel esclarece que o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo de geração de energia e é regulado a partir do nível de abastecimento dos reservatórios no país. Sempre que chove pouco e é necessário acionar termelétricas (que tem custo de energia mais caro) para suprir o consumo, acionam-se as bandeiras tarifárias para cobrir esse custo adicional no sistema. Quando não há necessidade deste recurso e os níveis dos reservatórios estão altos, a Aneel mantém a bandeira verde, sem qualquer cobrança extra nas contas de luz. 

Com os reservatórios baixos, a perspectiva é de alta no custo da energia já que, nestes casos, é necessário o acionamento de mais térmicas. Assim, a bandeira tarifária pode passar para as cores amarela e vermelha (patamar 1 ou 2). Dessa forma, o objetivo do sistema é informar aos consumidores quando o custo aumenta e permitir que eles reduzam o uso para evitar pagar uma conta de luz mais cara.

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: