Um show de horror nas ruas de Nova Friburgo

A VOZ DA SERRA acompanhou o trabalho da Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana. Motoristas e pedestres foram flagrados em diversas situações irregulares
sábado, 16 de março de 2019
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
(Fotos: Henrique Pinheiro)
(Fotos: Henrique Pinheiro)

Um problema crônico em Nova Friburgo que, apesar das repetidas vezes que é noticiado, parece que a cada momento a situação piora ao invés de melhorar. O comportamento no trânsito, tanto de pedestres como dos motoristas, assusta. A falta de educação, paciência, egoísmo e amor à vida diariamente são colocadas à prova nas ruas da cidade. Seja na hora de atravessar uma via, estacionar o carro ou acessar alguma rua seja a pé ou ao volante de um carro.

Estivemos na última semana por algumas horas em pontos movimentados do Centro de Nova Friburgo e flagramos uma série de irregularidades. Não a toa, de acordo com um agente da Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu), por mês são aplicadas, em média, 1.200 multas por infrações de trânsito e cerca de 130 veículos são rebocados. Em nossa redação, já recebemos alguns motoristas indignados com os valores altíssimos para se retirar o veículo do depósito da secretaria após efetuado o reboque.

Embora a reclamação tenha procedência, já que a taxa é de R$ 171,06, não podemos dar voz àqueles que tiveram seus veículos retirados das ruas por estarem estacionados de forma irregular. A educação no trânsito começa com o pensamento coletivo. O famoso “É só um minutinho”, não pode valer apenas para uma pessoa.

“O pisca-alerta é réu confesso”, diz outro agente da Smomu sobre carros parados em fila dupla ou em lugares proibidos. Enquanto percorremos a Avenida Alberto Braune acompanhando o trabalho dos agentes, um motociclista que havia estacionado sua moto bem abaixo de uma placa que indicava que naquele local é “proibido estacionar”, deu sorte. O agente já havia acionado o reboque para a retirada do veículo, quando o dono chegou. Após ser orientado a não mais estacionar de forma irregular, o motociclista foi liberado sem ter a moto rebocada.

Mais a frente, pedestres se arriscavam entre os carros, mesmo com uma faixa de pedestre a poucos metros de distância. Perguntei a um senhor que carregava várias sacolas de compras, visivelmente pesadas, se ele iria tentar atravessar fora da faixa, arriscando sua vida. Fui ignorado. E assim ele o fez, mas não de forma silenciosa. Enquanto atravessava ouviu o som das buzinas de dois carros que para não atropelá-lo, frearam bruscamente, podendo causar um engavetamento na principal via da cidade.

Pouco tempo depois outra senhora fez a mesma coisa, e assim vimos um casal de idosos, mães e pais com seus filhos e pessoas distraídas falando ao celular sem olhar e prestar atenção atravessando a avenida em meio ao fluxo de veículos que na maior parte do dia costuma ser intenso.

Mas há luz no fim do túnel. Pelo menos é isso que afirma o secretário de Ordem e Mobilidade Urbana de Nova Friburgo, Marques Henrique. Em conversa com nossa equipe, o secretário afirmou que muitas melhoria no setor estão previstas e a compra de aparelhagem de tecnologia de ponta serão fundamentais para a melhorar o fluxo nas principais vias da cidade. O secretário também disse que a necessidade da população friburguense passar a pensar coletivo é fundamental para o trânsito da cidade ande melhor.

Confirma a entrevista com Marques Henrique no link https://avozdaserra.com.br/noticias/o-plano-de-mobilidade-e-um-compromisso-do-governo-diz-secretario

.

 

LEIA MAIS

Nos últimos dois meses foram reativados 117 equipamentos para coibir o excesso de velocidade

Beneficiários têm agora direito a somente 60 passagens por mês. Embarque gratuito passa a ser concedido àqueles com renda de até dois salários-mínimos

Passageiros já podem desembarcar em qualquer ponto dos 21 itinerários da Faol nos demais horários do dia

  • Motociclistas são orientados a não estacionar em local proíbido

    Motociclistas são orientados a não estacionar em local proíbido

  • Na Comte Bittecourt, caminhões sempre na faixa da direita

    Na Comte Bittecourt, caminhões sempre na faixa da direita

  • Flagrante de travessia fora da faixa de pedestres

    Flagrante de travessia fora da faixa de pedestres

  • Agentes orientam motoristas a observar a sinalização

    Agentes orientam motoristas a observar a sinalização

Publicidade
TAGS: Trânsito | Smomu