Jogos Jurídicos

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

terça-feira, 25 de junho de 2019

Jogos Jurídicos
A Uerj sagrou-se mais uma vez campeã geral dos Jogos Jurídicos Estadual, sediados neste último feriadão, em Nova Friburgo. Mais de mil estudantes de Direito, de diversas universidades, lotaram a cidade para a disputa dos jogos que também foram recheadas de festas.

Movimento bom para a cidade
Os jogos movimentaram os ginásios municipais de Conselheiro, Olaria e Duas Pedras, além do Nova Friburgo Country Clube, onde também aconteceram as festas.

Suposto racismo
Por falar em festas, um fato não muito agradável marcou o evento logo no primeiro dia. Um suposto ato de racismo seguido de agressão por parte de um segurança foi denunciado pelos estudantes que disseram também que outros tipos de falas e atos racistas ocorreram.

Racistas, não passarão
O coletivo negro das atléticas protestou e fez a primeira noite de festa terminar algumas horas antes do previsto, em solidariedade à vítima supostamente agredida por ser negra. No sábado, um ato foi celebrado no Ginásio de Conselheiro, envolvendo todas as universidades participantes. Através de um jogral, em alto e bom som, foi dito que o racismo não passará despercebido.

Histórico de protesto
Vale lembrar que no ano passado, os Jogos Jurídicos realizados em Petrópolis, também foram marcados por um ato racista de parte da torcida da PUC. A organização em conjunto com as demais universidades suspendeu a PUC que ficou impedida de participar da competição deste ano. A própria PUC repudiou o ato racista.

Abaixo o preconceito em qualquer forma
Em Nova Friburgo, no ano passado, em outro evento esportivo de universidades, uma suposta piada homofóbica cometida por um cantor também não foi tolerada pelos estudantes. Os universitários não permitiram que o artista seguisse no palco. O show foi encerrado bem antes do previsto sob vaias que impediam o retorno do artista mesmo após pedido de desculpas.

Aula de diversidade
Os estudantes universitários têm demonstrado elevado grau de consciência quanto ao combate ao preconceito, mesmo nas festas em que estariam “aproveitando” o open bar. Ensinam que são as atitudes coletivas que combaterão o mal do preconceito que, infelizmente, perdura na sociedade brasileira. Que esses atos de não tolerar o preconceito nas suas mais diversas formas façam o futuro ser melhor e mais pacífico, até que não seja mais necessário esse tipo de resposta. Até lá...

Comércio agradece
Voltando aos Jogos, quem comemorou foi o comércio local, especialmente das redondezas de Duas Pedras e Conselheiro. O movimento dos bares, restaurantes e lanchonetes aumentou consideravelmente com o público diferente. Quem também aproveitou foram os vendedores de churrasquinho e ambulantes. Percebendo o movimento e a procura, logo foram para próximo aos ginásios ganhar um troco.

Futebol feminino
E o encanto do brasileiro com a seleção feminina é mais do que legítimo. Encanto que reforça o desprezo com o trabalho de base. Nova Friburgo entra nesse conjunto.

Retomada em Nova Friburgo
O futebol feminino por aqui perdeu muito desde que a solitária Liete seguiu seu caminho no sonho de que alguém pudesse prosseguir com sua teimosia. As competições minguaram, os times também e a formação de atletas praticamente parou. Que a Copa do Mundo de futebol feminino tenha plantado sementes por aqui, para uma retomada.

O que é que eu vou dizer lá em casa?
E o Friburguense... Perdeu de goleada para o Barra da Tijuca e vê o inimaginável acontecer. O sonho de voltar à elite vai descendo a ladeira para (a ainda improvável) luta contra o rebaixamento para a Série C. No entanto, é o que a tabela de classificação vai reservando ao tricolor serrano. Uma ingrata 14ª posição na classificação geral com apenas 2 pontos de frente para o Sampaio Correa que abre a zona do rebaixamento.

Eliminação quase certa
Quanto a classificação para as semifinais do 1º turno, o Friburguense está praticamente eliminado. Com apenas três jogos por fazer, o time atingiria no máximo 13 pontos, já não alcançando mais o líder Bonsucesso, com 15. O 2º colocado, o Campos, com um jogo a menos, já soma 10. Matematicamente há chances. Mas pelo conjunto da obra e com uma mísera dose de realidade... É arrumar a casa para o 2º turno.

Palavreando
“Não argumento a favor do exagero, mas apelo ao sagrado objetivo da felicidade”.

Foto da galeria
“MUITO PRAZER, SOU NOVA FRIBURGO” - É linda de qualquer ângulo e pode ser vista de inúmeros locais da cidade com uma perspectiva totalmente diferente. Longe de ser um dos pontos mais altos de Nova Friburgo, a Pedra do Imperador ou Pedra do Elefante é marca friburguense. O ângulo apresentado hoje, é da visão da descida do Catarcione
Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.