Festival Sesc de Inverno

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

terça-feira, 02 de julho de 2019

Festival Sesc de Inverno
O Sesc abre na quinta-feira, 4, a partir das 9h, a venda de ingressos para o Festival Sesc de Inverno 2019. Os tíquetes a preços que variam de R$ 5 a R$ 20 poderão ser adquiridos pelo hotsite www.festivalsescdeinverno.com.br, onde há a programação completa – ou na unidade do Sesc local que funciona de terças a sextas, das 8h às 19h, e sábado, domingos e feriados, das 9h às 18h. As atividades gratuitas não precisam de tíquetes.

Estreantes
O festival acontece este mês, do dia 19 a 28. Além de Nova Friburgo, haverá atrações também em Petrópolis e Teresópolis, e, pela primeira vez o evento incluirá os municípios de Duas Barras e Três Rios. Em Duas Barras não haverá venda de ingressos, pois todas as atrações são gratuitas.

Grandes peças
Como antecipado pelo Observatório, mais do que as atrações musicais de projeção nacional, a programação de teatro é o grande destaque dessa edição: o aclamado “Andança – Beth Carvalho, o musical” e o vencedor do prêmio Shell “Esperança na Revolta” estão confirmados.

Homenagem à Dona Mariquinha
Em Nova Friburgo, o Festival Sesc fará uma homenagem especial com luz sobre o trabalho e a trajetória do restaurante da Dona Mariquinha e as roupinhas de boneca da Senhorita Bonequeira.

Música tema
E a música tema do festival, com direito à clipe e tudo tem dedo, ou melhor, voz e mãos friburguenses. De autoria de Neo Castro e Jana Linhares, a banda local Expresso Santiago de Newton Couto e cia. se junta a outros artistas da região para dar o tom desta edição que trata de perspectivas e pluralidades através dos territórios.

Outro festival
Lembrando que antes do Festival de Inverno do Sesc, acontece o Festival de Inverno da prefeitura que tem toda a programação gratuita.

Tá difícil, mas...
O Friburguense reencontrou o caminho das vitórias. Os três pontos e os resultados da rodada ajudaram. O time subiu para a 5ª posição e ainda tem chances matemáticas de classificação nesse 1º turno, ainda que tenha que fazer muitas contas.

Matemática perversa
Com apenas mais dois jogos pela frente e sete pontos no ranking, o time chega ao máximo aos 13, dois a menos que hoje já tem o Campos que é justamente o adversário da última rodada. O Campos, no entanto, ainda tem três jogos por fazer. Ou seja, o Friburguense tem que vencer o Campos e torcer para que ele não vença mais na competição. Os campistas, além do Friburguense, enfrentam Itaboraí e o líder e o já classificado Bonsucesso (único com 100% de aproveitamento na competição).

Calculadora na mão
Mas não basta fazer contas com relação ao Campos. À frente do Friburguense tem ainda o Serramacaense que é o próximo adversário. O time de Casimiro de Abreu tem nove pontos e três partidas por fazer. Ou seja, além de ganhar, o Friburguense tem que torcer para que o Serramacaense não vença os dois outros compromissos que são o Tigres e   o Barra da Tijuca.

Pensar na classificação geral
Sem contar o Serrano que tem a mesma pontuação do tricolor da serra. Mas aí já é conta demais para fazer, tendo em vista que as duas tarefas acima são mais complicadas. O fato é que a classificação ficou muito difícil e que independente do milagre ocorrer, vencer os dois próximos jogos é fundamental para a classificação geral.

Nem tanto desespero assim
O regulamento prevê que além dos campeões de turnos, os dois melhores na soma geral também vão às semifinais, exceto é claro os vencedores de turnos. O Friburguense atualmente está a apenas quatro pontos do 4º colocado que é o Campos, se considerarmos o óbvio que um dos quatro vencerá o 1º turno.   

Palavreando
“O crescimento nos ensina que só o amor próprio pode gerar amor de verdade no outro. A vivência nos mostra que a liberdade só pode ser experimentada, quando de fato queremos ser livres”.

Foto da galeria
“MUITO PRAZER, SOU NOVA FRIBURGO” - As fotos de Pedro Bessa fazem Nova Friburgo ser ainda mais linda. O olhar que ele traz acrescenta beleza às lindas paisagens e os momentos dessas paisagens. Seria apenas mais um pôr do sol nas montanhas? Quem quiser conferir outras belas fotos, no Instagram é só procurar por Pedrotv
Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.