Separando em três frações

Renata de Rivera

Meu Bairro Sustentável

O projeto do núcleo Meu Bairro+200 idealizado por Renata de Rivera visa tornar Nova Friburgo uma cidade sustentável. Sua coluna traz dicas de ações por uma cidade mais limpa, com menos lixo e poluição e uma vida mais saudável.

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Independentemente de haver ou não coleta seletiva eficiente e ativa, tudo o que o que geramos em nosso dia a dia deve ser separado em três frações: resíduos orgânicos, recicláveis e rejeitos. Isso não é um favor que fazemos para a preservação do meio ambiente. Isso é uma obrigação diante da responsabilidade compartilhada com o lixo que produzimos em nosso cotidiano.

Exemplos de resíduos orgânicos são aqueles que geramos ao preparar nossos alimentos: cascas de legumes, restos de frutas, a borra e o filtro de café. Também são resíduos orgânicos as podas de grama, folhas secas etc.

Os recicláveis, plástico, papel, vidro e metal, podem ser separados numa única fração. (limpos e secos, para facilitar o processo de reciclagem e não atrair vetores, além de promover um pouco mais de dignidade ao catador, que não irá mexer num resíduo sujo e mal cheiroso).

E finalmente o rejeito, que é o lixo que geramos e que não possui ainda outra destinação se não o aterro sanitário, como o lixo do banheiro, fraldas descartáveis e absorventes por exemplo. Cada um deve ser descartado de forma separada. Mesmo que todos sejam recolhidos juntos.

Reciclável x reciclado x reaproveitado

Reciclável: Reciclagem significa reprocessar o material transformando-o em novos produtos sem a necessidade da extração de mais matéria-prima. “Re-ciclar”, o como o próprio nome já diz, significa inserir novamente o material em um ciclo de produção. Um material reciclável significa que ele é passível de ser reciclado.

Reciclado: Um material reciclado já passou pelo processo de reciclagem e já foi transformado em um novo produto reciclado (e não reciclável). Obviamente que ser um produto reciclado não impede que ele seja reciclável também. Ou seja, ele pode ser reciclado novamente, passando mais uma vez pelo processo de reciclagem.

Reaproveitado: Reaproveitar aumenta a vida útil de um resíduo, reduzindo o consumo de novos produtos e de energia, pela não extração de matéria prima. Mas entenda que reaproveitar é diferente de reciclar. O que eu quero dizer com isso é que, se você planta uma flor em uma embalagem de leite ou amaciante, por exemplo, você não está reciclando, e sim reaproveitando, ou reutilizando.

Calendário Verde - Janeiro
11- Dia do Combate da Poluição por Agrotóxicos
31 - Dia do Engenheiro Ambiental 

Seja um parceiro do Meu Bairro Sustentável
Contatos: 22 999383408
e-mail:meubairrosustentavel@outlook.com
facebook.com/meubairrosustentavel
facebook.com/disqueoleousado
Youtube- MBS - Meu Bairro Sustentável

Publicidade
TAGS:

Renata de Rivera

Meu Bairro Sustentável

O projeto do núcleo Meu Bairro+200 idealizado por Renata de Rivera visa tornar Nova Friburgo uma cidade sustentável. Sua coluna traz dicas de ações por uma cidade mais limpa, com menos lixo e poluição e uma vida mais saudável.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.