Beleza

David Massena

David Massena

David estreou nas colunas sociais ainda na década de 70. É jornalista, cerimonialista, bacharel em Direito, escritor e roteirista. Já foi ator, bailarino, e tantas coisas mais, que se tornou um atento observador e, às vezes, crítico das coisas do mundo.

quarta-feira, 13 de março de 2019

Pinçado da internet

“Pense uma vez antes de agir, duas antes de falar e três vezes antes de postar no Facebook.”

Beleza (1)

A miss Minas Gerais, Júlia Horta, de Juiz de Fora, venceu o concurso Miss Brasil 2019 na noite do último sábado, 9, em São Paulo.

Jornalista, apresentadora, blogueira e influenciadora digital, Júlia Horta, de 24 anos, representará o Brasil no Miss Universo.

A modelo Luana Lobo, de 24 anos, que representou o estado do Ceará, ficou em segundo lugar. Em terceiro lugar ficou a também modelo, estudante de direito e Miss São Paulo, Bianca Lopes, de 22 anos.

A representante do Rio de Janeiro não ficou entre as 15 finalistas no concurso que reuniu 27 candidatas, no Centro de Exposições São Paulo Expo com transmissão ao vivo da TV Bandeirantes.

Beleza (2)

A bela Júlia Horta surpreendeu a todos por sua desenvoltura, elegância e simpatia.

Seu sorriso tem digitais friburguenses, por incrível que possa parecer.

Júlia é paciente do dentista Bruno Franco (foto), formado pela Fonf e por aqui também atuou como modelo.

Franco reside na cidade mineira de Juiz de Fora, onde dirige uma das mais conceituadas clínicas de estética e odontologia integrada, a Hálito Fresh, responsável pelo sorriso de artistas e modelos.

Abracadabra

O fim de semana é de estreia teatral com “Abracadabra – Uma comédia sobre o amor e essas coisas”, no Teatro Municipal Laercio Ventura,  no sábado, 16, e domingo, 17, às 20h.

No elenco estão Felipe Roxo, Samantha Jones, Guilherme Bom, Elisa Ottoni, Henrique Bueno, Muryell Dantie e Marcelo Vittória.

A classificação é 12anos.

Teatro (1)

O ator, diretor e produtor Bernardo Dugin desembarca na cidade para mais um curso de teatro em abril.

Bernardo atuou como Lucas na novela “Em Família”, da Rede Globo, e fez participações em “Malhação” e em “Além do Horizonte”.

Deu vida a Dom Pedro I na série “Era uma vez uma história” (Warner e Band) e fez o Catinga no seriado “De volta pra pista” (Multishow).

Teatro (2)

No teatro dirigiu “78 musical”, “60, o musical”, “Old & Gold” e “O Despertar da Primavera”. É produtor de “Brasil Mon Amour” e foi diretor assistente de Sura Berditchevsky na “Ópera do Menino Maluquinho”, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

No cinema atuou em longas e curtas e fez campanhas publicitárias para a Skol, NBA (SporTV), Rock in Rio (Multishow) e Itaú.

Teatro (3)

Alunos de todas as idades poderão participar e se aprofundar nas técnicas de interpretação através de jogos dramáticos e exercícios propostos e avaliados pelo professor.

A novidade fica por conta da turma sênior. Não é o máximo?

O curso tem início previsto para 16 de abril, na Usina Cultural Energisa, sempre às terças-feiras.    

Presença negra

A rainha da República Democrática do Congo, Diambi Kabatsuila, recebeu homenagem, na última segunda-feira, 11, na Casa França-Brasil, no Rio.

A rainha Diambi Kabatusuila, da etnia bantu Bena Tshiyamba de Bakwa Indu, se encontrou com ativistas do movimento negro, indígenas e brasileiros descendentes de africanos.

Diambi foi coroada governante em 2016, e lidera uma população que vive na República Democrática do Congo.

Reflexo

Em tempos cada vez mais polarizados, tudo é surpreendente.

Eis a ordem das colocadas na pesquisa “Mulher mais admirada do Brasil”, assinada pelo Instituto QualiBest, e divulgada na semana passada, em pleno Dia Internacional da Mulher.

A primeira colocada foi a atriz Fernanda Montenegro, seguida pela cantora Ivete Sangalo, da primeira-dama Michele Bolsonaro;  da líder dos movimentos de defesa dos direitos das mulheres, Maria da Penha e da ex-presidente Dilma Roussef.

Segundo o instituto, foram ouvidos cerca de 700 homens e mulheres de todas as regiões do país de diferentes faixas etárias.

 

Foto da galeria
A Miss Brasil 2019, a jornalista mineira Júlia Horta e o cirurgião dentista Bruno Franco (Foto: Marcelo Barros)
Publicidade
TAGS:

David Massena

David Massena

David estreou nas colunas sociais ainda na década de 70. É jornalista, cerimonialista, bacharel em Direito, escritor e roteirista. Já foi ator, bailarino, e tantas coisas mais, que se tornou um atento observador e, às vezes, crítico das coisas do mundo.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.