Gastando menos

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

quarta-feira, 07 de março de 2018

Gastando menos

A inflação da classe C caiu 0,01% em fevereiro, após a alta de 0,50% em janeiro, segundo o IPC-C1 (Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1), divulgado pela Fundação Getúlio Vargas. As famílias de baixa renda gastaram menos com alimentação em fevereiro, o que ajudou a reduzir o IPC-C1 no mês.

Produção cai

A produção industrial no Brasil caiu 2,4% em janeiro deste ano frente a dezembro de 2017, após quatro meses de resultados positivos seguidos, que acumularam ganho de 4,3%. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), este foi o pior resultado desde fevereiro de 2016, quando houve recuo de 2,5%.

Ainda de acordo com o IBGE, a queda na produção foi generalizada entre as quatro grandes categorias da indústria brasileira. No entanto, a principal influência negativa foi em decorrência da produção de veículos automotores, que caiu 7,6% de dezembro para janeiro.

Uso do etanol

Dispostas a mostrar ao mundo que o Brasil tem uma solução viável no curto prazo até que a eletrificação dos automóveis seja adotada em grande escala, montadoras   locais farão novos testes com o uso do etanol como gerador de energia das baterias de modelos híbridos ou a célula a combustível. No dia 19, a Toyota iniciará viagem de São Paulo a Brasília com um Prius híbrido usando etanol no lugar da gasolina, que é o combustível da versão original importada do Japão. O protótipo foi desenvolvido por engenheiros da empresa que acompanharão o trajeto de mil quilômetros do teste.

Saindo da crise

A recuperação do varejo já começou em algumas regiões do país, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Durante a crise econômica, 226,5 mil estabelecimentos de comércio varejista fecharam as portas. No entanto, vencidas as etapas de aumento das vendas e de contratação de funcionários para dar conta da maior demanda, alguns bairros do principal centro financeiro brasileiro (São Paulo), já começam a registrar crescimento no número de pontos de vendas. A recuperação na região começou pelos setores de móveis e eletrodomésticos, com 132 lojas a mais em 2017. 

TV por assinatura

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a quantidade de consumidores de TV por assinatura no Brasil recuou 3,9% nos últimos 12 meses. Nesse período, as empresas perderam 729.017 assinantes, fechando janeiro com 17.972.539 de contratos registrados.

Nos últimos 12 meses, a Claro aparece na frente entre as empresas com maior queda no número de assinantes: 8,41%, fechando janeiro com menos 829.397 contratos . Em segundo lugar está a Vivo com queda de 112.257 contratos e redução de 6,64%. Na terceira posição está a prestadora Nossa TV, que apresentou redução de 2,34%, com menos 2.996 contratos.

Restituição do I.R.

A partir das 9h de amanhã, 8, estará disponível para consulta o lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física. Neste lote, estão incluídas restituições residuais de 2008 a 2017. O crédito bancário para 76.644 contribuintes será realizado no próximo dia 15, totalizando R$ 170 milhões. Desse total, R$ 70.531.662,34 são para contribuintes com prioridade no recebimento: 15.365 idosos e 1.375 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal.

Famílias endividadas

O percentual de famílias com algum tipo de dívida chegou a 61,2% em fevereiro, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A taxa é inferior aos 61,3% de janeiro último, mas superior aos 58,7% de fevereiro de 2017.

*****

O cartão de crédito foi o grande vilão para 77% das famílias que se declararam endividadas na pesquisa. Na sequência, aparecem os carnês (16,5%) e o financiamento de carro (10,7%). Já o percentual de famílias inadimplentes, com dívidas ou contas em atraso, ficou em 24,9%. Assim como no endividamento, a taxa é levemente menor que a de janeiro deste ano (25%), mas superior aos 24,1% de fevereiro do ano passado.

Publicidade
TAGS:

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.