A voz do leitor: voltam as filas nas madrugadas no SUS

Pacientes agora marcam consultas a qualquer hora pelo Sisreg, mas aguardam uma eternidade pela autorização
quarta-feira, 11 de julho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

"Pelo jeito não adiantou o governo federal implantar o Sistema de Regulação (Sisreg) para marcação de consultas, exames e demais procedimentos no Sistema Único de Saúde (SUS). A medida acabou com as filas nas madrugadas e – é bom que se diga – levou-as para as nuvens, só que da internet. Os pacientes não precisam mais passar a madrugada na fila para marcar uma consulta ou um exame. Marcam agora a qualquer hora do dia nos postos, pelo Sisreg, mas... aguardam uma eternidade pela autorização e/ou marcação.

Só que no posto do Suspiro (Sylvio Henrique Braune) a direção excluiu as marcações de consulta para clínicos gerais do Sisreg e voltou a forma antiga. Só que as marcações acontecem uma vez por mês, geralmente na última quinta-feira do mês. Resultado: gente na fila desde as 2h, 3h da madrugada. E ainda tem mais: a consulta é marcada para o mês seguinte. Ora, se alguém quer ser consultado com um clínico geral é porque está sentindo algo hoje. Vai ficar com dor até o mês que vem. É por isso que o CTU do Raul Sertã e a UPA vivem lotados com a maioria dos atendimentos sendo casos de ambulatório e não de emergência."

Valéria Campos de Aguiar, moradora do bairro Lagoinha

LEIA MAIS

Objetivo é conscientizar pais e responsáveis para aproveitarem o recesso escolar e se prevenir contra esta e outras doenças

Órgão recomenda compra de incubadoras e implantação de leitos obstétricos na maternidade, além de transporte adequado para recém-nascidos de alto risco

Falta de medicamentos, exames, consultas e cirurgias motivam a maior parte dos processos, 80% deles contra a rede pública

Publicidade
TAGS: saúde