A voz do leitor: "vergonha" nos Correios de Nova Friburgo

Idosos e grávidas enfrentam filas de 2h, em pé, para buscar encomendas. Empresa diz que casos são "pontuais"
segunda-feira, 09 de julho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
A fila em maio: situação pouco mudou desde então (Foto: Adriana Oliveira)
A fila em maio: situação pouco mudou desde então (Foto: Adriana Oliveira)

"Continua o pouco caso dos Correios com a população de Nova Friburgo. Além de não entregarem as correspondências em nossas residências, nos fazem ir buscá-las na Central de Distribuição, na Rua Dante Laginestra, tendo que enfrentar fila, sob sol forte, frio ou chuva, sem sequer cadeiras para aguardar. E pasmem, além da fila sempre gigantesca não há prioridade para idosos, grávidas, portadores de necessidades especiais. Sim senhores, terceira idade e clientes com necessidades especiais  em uma única fila.

Estive lá nesta quinta-feira, 5, e as pessoas informaram que estavam na fila por quase duas horas. Fui reclamar e um funcionário disse para eu esperasse minha vez e que me comportasse, pois, se eu quisesse, poderia até chamar a polícia ou que denunciasse na Procuradoria Federal... Sugiro que as autoridades federais deem uma satisfação à população, prestando uma utilidade pública. Sugiro também  a divulgação diária de endereços dos serviços municipais, estaduais e federais,que existem para nos defender em situações de descaso como essa que ocorre todos os dias nos Correios."

Tatiana Furtado  

Em nota, os Correios informaram que a empresa continua realizando entregas em domicílio , tanto de correspondências como de encomendas, em Nova Friburgo, e a necessidade de os clientes irem à Central de Distribuição ocorre somente "em alguns casos pontuais". 

A empresa se comprometeu a realizar melhorias para o atendimento aos clientes, além de fazer um remanejamento de funcionários de outras unidades, horas extras e trabalho aos sábados para agilizar a entrega domiciliar em Nova Friburgo.

Em reportagem em 10 de maio sobre o mesmo problema (foto), a empresa também informou em nota que, até o fim daquele mês, havia "previsão de reforço da equipe da unidade através de contratação de trabalhadores temporários, o que iria agilizar o atendimento ao público".

Publicidade
TAGS: