A VOZ DA SERRA e os caminhos percorridos em 74 anos de existência

De máquinas de escrever aos computadores, não foram poucas as mudanças pelas quais o jornal passou
sábado, 06 de abril de 2019
por Ana Borges (ana.borges@avozdaserra.com.br)
(Fotos: Henrique Pinheiro)
(Fotos: Henrique Pinheiro)

No começo, eram sinais e grunhidos vindos das cavernas. Depois veio a fala, e com ela as “notícias” boca a boca. Esse foi o mais revolucionário meio de comunicação de todos os tempos. Ainda hoje, funciona muito bem, apesar dos mal-entendidos. Também deu origem às fofocas, um eficiente meio de integração social.

Outra revolução foi a invenção da escrita, que permitiu a comunicação gravada e perpetuada através dos tempos. Depois chegaram os arautos, que liam aos gritos as notícias oficiais. Finalmente, chegou a imprensa, um eficiente meio de comunicação em massa. Não parou por aí. Veio o telégrafo, telefone, rádio, televisão e internet, e outros meios intermediários.

O século 21 será marcado pela comunicação das grandes massas para as grandes massas e será dominado por mentes educadas para entenderem padrões no caos. As grandes corporações já disputam espaço na internet com adolescentes que possuem apenas um computador em seu quarto. Mas a informação de qualidade sempre terá seu lugar e muitas empresas encontrarão seu espaço.

É o caso de A VOZ DA SERRA e assim tem sido desde 7 de abril de 1945: 74 anos de existência ininterrupta, e já se preparando para um grande evento comemorativo de seus 75 anos, em 2020. AVS, um veículo atento às novidades tecnólogicas, cuja diretoria não hesita em investir em todas as formas de comunicação.  

Uma trajetória de sucesso

Há 74 anos, em 7 de abril de 1945, foi para as bancas a primeira edição do então semanário, que dali em diante não deixaria mais de circular. Ao longo de tantas décadas, diversas gerações de jornalistas passaram por esta redação, encarando os desafios inerentes à profissão, com paixão e responsabilidade. Entre perdas e ganhos, há muito mais para ser comemorado.  

De semanário passou a trissemanário, depois, diário, periodicidade que mantém até hoje. Das máquinas de escrever aos computadores, não foram poucas as mudanças. Após meio século de grandes avanços, em 1994 foi criado o Caderno Light — substituído pelo Caderno Z, em 2016, no formato tablóide. Em 1997, a direção se antecipou a outros veículos regionais e passou a veicular notícias também através de nova plataforma, o site www.avozdaserra.com.br, dando início à versão on-line.

Dois anos depois, a cor invadiu nossa gráfica iluminando o conteúdo com criativa diagramação. Oferecemos aos nossos leitores um jornalismo feito a partir de cuidadosa apuração e redigido por uma equipe de jornalistas qualificada, dedicada também a alimentar plataformas digitais como o Facebook, WhatsApp, Instagram, Twitter e YouTube.

Em outubro de 2017 inauguramos o Estúdio Gabriel Ventura, com entrevista de Zuenir Ventura. E seguimos gravando entrevistas e chamadas de reportagens. Enfim, A VOZ não para, nós não paramos.

Portanto, temos todos os motivos para festejar o que já foi “vivido” e o que está por vir. Reiteramos: Feliz aniversário A VOZ DA SERRA e longa vida!   

 

LINHA DO TEMPO - A VOZ DA SERRA e outros jornais, pelo mundo:

59 a.C. - Surge em Roma o primeiro noticiário: Acta Diurna.

1632 - Lançamento do jornal francês Gazzete de France, o 1º semanário impresso no mundo.

1645 - A Academia Real de Letras da Suécia lança o Post Och Inrikes Tidningar, o mais antigo jornal em circulação no mundo.

1702 - Começa a circular o primeiro jornal diário do mundo, o inglês Daily Courant.

1788 - Fundação do jornal inglês The Times, o mais famoso do século 19.

1808 - Lançamento do primeiro jornal brasileiro - Correio Braziliense, editado em Londres, pelo jornalista português Hipólito José da Costa Pereira Furtado de Mendonça. Circulou até 1º de dezembro de 1822, após abdicação de D. Pedro I. Voltou a circular na inauguração de Brasília, em 21 de abril de 1960, pelo grupo Diários Associados.

1851 - Lançamento do jornal The New York Times (EUA).

1854 - Lançamento do jornal francês Le Figaro.

1877 - Lançamento do jornal The Washington Post (EUA).

1912 - Lênin funda o Pravda, que circula até 1992.

1925 - Lançamento do jornal carioca O Globo.

1936 - Começa a circular a revista ilustrada de informação americana Life.

1944 - Criação dos jornais franceses Le Monde e Libération.

1945 - Lançamento do jornal A VOZ DA SERRA, de Nova Friburgo / RJ / Brasil.

1947 - Lançamento da revista alemã Der Spiegel.

1953 - Criação do semanário francês L'Express.

1989 - Formação da Time/Warner, maior conglomerado de mídia do mundo.

1992 - Primeira edição do The New York Times.

 

LEIA MAIS

Jornal fundado por Américo Ventura, hoje é dirigido por sua neta, Adriana Ventura

Essa é a palavra perfeita para descrever o jornalismo impresso.

Da fundação da Impressão Régia, em 1808, à Era da Informação no século 21

  • Capa da primeira edição de A VOZ DE SERRA

    Capa da primeira edição de A VOZ DE SERRA

  • Na sede do jornal, uma sala dedicada à memória do jornal

    Na sede do jornal, uma sala dedicada à memória do jornal

  • O Estúdio Gabriel Ventura, inaugurado em 2017

    O Estúdio Gabriel Ventura, inaugurado em 2017

  • Na gráfica, da impressão ao acabamento, até o leitor

    Na gráfica, da impressão ao acabamento, até o leitor

Publicidade