Vilage promoverá uma procissão na Alberto Braune

Escola homenageia São João Batista, profeta e padroeiro de Nova Friburgo
quinta-feira, 08 de fevereiro de 2018
por Alerrandre Barros
Detalhe d euma das alegorias da Vilage (Fotos: Henrique Pinheiro)
Detalhe d euma das alegorias da Vilage (Fotos: Henrique Pinheiro)

Uma procissão de carnaval vai tomar a Avenida Alberto Braune na noite de domingo, 11, promete a Vilage no Samba, que vai cantar fatos marcantes que cercam a vida e morte de São João Batista, o profeta mensageiro da vinda de Jesus, precursor dos padroeiros e padroeiro de Nova Friburgo.

 “Tivemos a preocupação de escolher um enredo que nos trouxesse a emoção necessária para desfilar nossa alegria de ser friburguense no ano do bicentenário da cidade e no ano em que a Vilage completa 70 anos”, disse um dos integrantes da Comissão de Carnaval da escola, Jeferson Lima.

Na última quarta-feira, 7, estava quase tudo pronto no barracão da Vilage. Fantasias já estavam sendo entregues ao mais de 1 (hum) mil integrantes e 90 ritmistas que vão colorir a avenida. Não há mais vagas no desfile. Os quatro carros, com mais de 4,5 metros, além de um tripé, recebiam os últimos ajustes e devem surpreender o público.

“São João, acende a fogueira do meu coração” vai mostrar o batismo de Jesus nas águas do Rio Jordão e o martírio do profeta. Também vai abordar a origem das festas Joaninas, na Europa, e sua disseminação no Brasil, que se transformaram nas festas juninas, em homenagem aos Santos Festeiros. O desfile termina numa grande procissão.

Duas curiosidades: a concentração das escolas de samba na Alberto Braune acontece na altura do Cemitério São João Batista e a dispersão em frente à Igreja Matriz, que também leva o nome do santo. A escolha do padroeiro foi uma homenagem a D. João VI, que assinou o decreto de autorização da vinda dos suíços católicos para o Brasil, os mesmos que colonizaram Friburgo.

Este enredo pode dar à Vilage o 25º título, que não vem desde 2014. A verde e branco divide a posição de maior campeã do carnaval friburguense com a Unidos da Saudade. A Vilage não divulgou quanto gastou para fazer o carnaval deste ano, mas estima-se que o valor foi 10 vezes maior que a subvenção de R$ R$ 57.775,17 paga pela prefeitura.   

“A maior parte dos recursos veio dos integrantes da escola. As agremiações continuam enfrentando dificuldades. Os patrocínios são poucos. A subvenção não atende às necessidades e os eventos não são suficientes para fechar a conta. Mas estamos aí batalhando para colocar o carnaval na rua”, reafirmou Lima.

O Samba

São João, acende a fogueira do meu coração

Compositores: Jeferson Lima, Coréia, Wilson Bizzar, Adonai e Tuninho Professor.

 

Divinal, o sino da catedral vem anunciar

A procissão do Carnaval

Todos os santos vão abençoar

João Batista, profeta da esperança

Pregou o perdão e o amor

Batizou o Senhor em aliança

Eu sou romeiro e vou rezar

Para minha graça alcançar

Sou promesseiro, em cantoria

A minha crença é quem me guia

Vixe Maria, Nossa Senhora!

A tristeza já foi embora!

 

Toca sanfona, chora viola

Nesse balancê, remexe, mexe, rebola

Anarriê no “Arraiá”

Tem fogueira e balão

Tem moça para se casar

 

Meu santo, missionário da redenção

Eu planto a paz da sua oração

Em prece, num rosário de felicidade

O povo agradece por nossa cidade

Cai a noite dengosa e a formosa Matriz

Ganha a luz das estrelas e um beijo do chafariz

Lua cheia no céu clareia a multidão

O cortejo na rua: emoção!

 

A vila vem cantar a fé em devoção

Para exaltar meu padroeiro

Salve São João!

 

Ficha técnica

Fundação: 23/09/1948

Cores: verde e branco

Títulos (24): 1949; 1951; 1952; 1953; 1956; 1958; 1959; 1967; 1968; 1969; 1971; 1973; 1989; 1991; 1997; 1998; 1999; 2002; 2004; 2005; 2006; 2008; 2012; 2014

Enredo 2018: São João, acende a fogueira do meu coração

Presidente: Bruno Lannes

Carnavalesco: Comissão de Carnaval

Diretor de Carnaval: Marcelo Cintra

Direção de Harmonia: Felipe, Sheila, Fábio e Guto

Mestre de Bateria: Mestre Negreti

Rainha de Bateria: Helen Santos

Musa: Pamela Jordão

Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira: Betão e Alessandra; Lucas e Danielen

Carro de som: Yuri, Jefinho, Monstrinho, Matheus, João, Edinho, João, Wesley, Adonai

Classificação em 2017: 2º

Ordem do desfile: 2º

Horário do desfile: 21h45 - 22h30

Carros alegóricos: 4 e 1 tripé

Alas: 22

Número de integrantes: 1.000

Número de ritmistas: 90

 

LEIA MAIS

Pessoas e empresas têm até 31 de dezembro para investir na festa e abater o valor do Imposto de Renda

Bloco faz neste domingo coroação da rainha de bateria e lança novo casal de mestre-sala e porta-bandeira

Fundado em 1984, Urubu da Serra volta a ativa para o carnaval de 2019 e se dedica a ações sociais

Publicidade
TAGS: carnaval