Vigilância Sanitária interdita dois consultórios dentários em Friburgo

Com apoio do CRO-RJ, órgão constatou falhas na esterilização de clínicas no Jardim Ouro Preto e em Conselheiro
quarta-feira, 05 de dezembro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Instrumentos encontrados em más condições de armazenamento (Foto de divulgação)
Instrumentos encontrados em más condições de armazenamento (Foto de divulgação)

Dois consultórios dentários foram interditados, no Jardim Ouro Preto e em Conselheiro Paulino, em Nova Friburgo, durante fiscalização conjunta realizada, nesta terça-feira, 4, pela Vigilância Sanitária do município com o Conselho Regional de Odontologia (CRO-RJ).

Os fiscais constataram falhas no processo de esterilização dos instrumentos usados nas consultas. Localizados na Rua Plácido Lopes Martins, Jardim Ouro Preto, e na Rua Ernesto Knust, em Conselheiro, esses consultórios também não tinham licença da Vigilância.

Segundo os agentes, os dois consultórios eram ainda divulgados como pessoa jurídica, mas não possuíam registro junto ao Conselho de Odontologia, conforme determina a lei. Os proprietários foram autuados e os consultórios, lacrados. Ambos terão prazo para corrigir as irregularidades.

Essa foi a primeira vez este ano que consultórios dentários foram interditados em Friburgo. O CRO-RJ conta com dois fiscais na região serrana e vem realizando fiscalizações de rotina, com suporte da Vigilância, órgão com competência para interdição.

Denúncias podem ser feitas à delegacia regional do Conselho, que em Friburgo funciona no Centro Médico (Rua General Osório, 4, no Praça do Suspiro). A unidade cobre demandas Teresópolis, Petrópolis, Cordeiro, Cantagalo, Macuco, Duas Barras, Bom Jardim e Cachoeiras de Macacu.

 

LEIA MAIS

População quer que futuro governador se comprometa a reiniciar e finalizar projeto

Ação que marcou o início do Dezembro Laranja foi realizada em todo o país

Ação, desta segunda até sexta, marca a semana do Dia Mundial de Luta contra a Aids

Publicidade
TAGS: saúde