Ventura Chocolates comemora Bodas de Ouro

Famosa empresa é parte importante da história friburguense
sexta-feira, 05 de julho de 2019
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)

 

Uma história contada em barras de chocolate e que virou livro. Assim é a Ventura Chocolates que comemorou 52 anos em março. O colunista de A VOZ DA SERRA, Luiz Antonio Dias, que assina “Etc & Etc”, resumiu bem essa doce história: “Tendo a base familiar como porto seguro de todas as horas e a importância dos ensinamentos dos seus pais Ariosaldo Almeida Ventura e Esther Pecly Ventura, para seus irmãos, irmãs, filhos e netos, Tony e a esposa Faninha começaram a trabalhar juntos no comércio. Inicialmente com um negócio próprio em 1967, uma casa de rações. Dois anos depois, em 1969, deu início aos negócios com os biscoitos São Luiz. Mais tarde, com a Nestlé formando parceria com a Extra São Luiz, foram englobados à Ventura todos os produtos de chocolates daquela marca”, escreveu em sua coluna, publicada no último dia 25 de junho.

A frente da atual distribuidora dos produtos Nestlé, Ventura Broker, Antônio Américo Pecly Ventura, mais conhecido como Tony Ventura, conta como a famosa loja que marcou época em Nova Friburgo (na Rua Oliveira Botelho) tornou-se uma referência no comércio de doces na cidade. “A empresa começou com o meu irmão em março de 1967 e com outro sócio. Em 1968 eu comprei a parte do sócio do meu irmão. Na época nós trabalhávamos vendendo biscoitos da Aymoré e rações para gado. Em 1969 o biscoito Aymoré foi vendido para a refinação de milho Brasil e ficamos com um vazio no setor de biscoitos que era o nosso forte e foi aí que através de dois amigos que trabalhavam na Nestlé que eu comecei a fazer a distribuição dos produtos Nestlé em Friburgo e região.  Fui o segundo no Brasil e deu tão certo que continuamos até hoje”, comemorou.

O casamento com a multinacional suíça comemora bodas de ouro. Quem não se lembra do famoso slogan da Ventura Chocolates: “Não fume, coma chocolate”? As lembranças não param por aí, os campeões de venda e os clássicos nunca saíram de moda para Tony. “O biscoito Divertidos que hoje é o Passatempo nunca saiu de moda. Hoje o chocolate mais em evidência é o Kit-Kat, que enfrenta a concorrência dos famosos Charge, Prestígio, Choquito, Lolo”, listou o empresário.      

Um dos pontos altos da Ventura Chocolates foi o destaque de vendas da Nestlé em 2010. “Foi um momento muito significativo receber o prêmio de primeiro lugar em vendas dos produtos Nestlé. Saímos na capa da revista da empresa. Para obter esse prêmio muitos fatores foram levados em consideração como performance, positivação, atendimento ao cliente e vendas”, disse Tony.

Outro momento marcante da bonita história da Ventura Chocolates foi agregar ainda mais o valor familiar. “Eu tive o orgulho de trazer meu pai (ao centro, na foto do alto) que já estava aposentado para trabalhar comigo. Normalmente acontece o contrário. Descobri que ele tinha uma grande vocação para o comércio pela forma de lidar com os funcionários e clientes”, lembra. A Páscoa é o Natal do chocolate e era justamente nessa época que o movimento na Ventura batia recordes. 

Saudosista, Tony reafirma o elo que todo friburguense criou com a “Loja do Ventura”, como ela era chamada por muitos. A fama era tanta que a Rua Oliveira Botelho, onde a Ventura funcionou por vários anos, até hoje ainda é conhecida a cidade como a “Rua da Ventura Chocolates”. 

“Todo friburguense tem alguma ligação com a Ventura Chocolates. Eu estou muito feliz ao comemorar essas mais de cinco décadas de atividades, como lojista e agora somente como distribuidor através da Ventura Broker. Tenho uma relação muito afetuosa com A VOZ DA SERRA. Nós éramos vizinhos. A Ventura Chocolates na Rua Oliveira Botelho e o jornal na paralela Rua Fernando Bizzoto. Não posso deixar de agradecer a equipe de funcionários que sempre foi fundamental. Sem ela não teríamos conseguido, junto a minha esposa Faninha e meu filho que me ajudam muito”, destaca Tony. 

 

LEIA MAIS

Ópera Digital e Designtec Comunicação se unem e formam a DTO

Na pauta, a identificação de incentivos já existentes no estado que podem ser replicados no município

Ideia é definir áreas para atração de novas empresas, estimulando a geração de emprego e renda, beneficiando toda a sociedade

Publicidade
TAGS: negócios