Vândalos invadem, picham e destroem parte do acervo do Planetário

Bandidos furtam binóculos, ferramentas e escrevem "Comando Vermelho" no céu do observatório
terça-feira, 15 de maio de 2018
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
Os criminosos também picharam paredes

O Planetário de Nova Friburgo, na Via Expressa, foi invadido na tarde desta terça-feira, 15, teve seu espaço depredado e alguns itens furtados.

“Péssimo dia para a ciência de Nova Friburgo”, disse Pedro Cordoeira, um dos diretores do Planetário. De acordo com ele, os invasores arrombaram os portões do espaço, picharam as paredes, estantes e objetos, além de quebrarem réplicas de foguetes, lunetas e telescópios e e de furtarem objetos.

“Ainda não temos a noção do prejuízo. Em termos de custo, não foi tão grande, mas, como a gente se mantém sem nenhum tipo de ajuda do poder público, qualquer gasto, mínimo que seja, pesa no nosso orçamento. Nós conseguimos nos manter porque os entusiastas da astronomia ajudam com o que podem”, afirmou Alison Mineiro, outro diretor do planetário.

De acordo com Reinaldo Ivanicska, também diretor do planetário, o crime aconteceu entre 11h e 13h30, horário em que saiu para almoçar. “Quando cheguei ao local e vi tudo depredado, percebi que a tinta usada para pichar as paredes ainda estava úmida. Eles levaram binóculos, ferramentas que nós utilizamos aqui no planetário, picharam o nosso céu, escreveram 'Comando Vermelho’. Liguei para a polícia e, como resposta, eles disseram que não poderiam enviar viaturas porque todas elas estavam ocupadas por causa dos 200 anos”.

Questionado por A VOZ DA SERRA, o comandante do 11º BPM, coronel Eduardo Vaz Castelano, não comentou o caso até a atualização desta notícia.

De acordo com Alison, a pichação é o problema mais recorrente. “Da última vez que nós pintamos, em menos de uma semana já estava tudo rabiscado. Parece que estamos desafiando esse pessoal. Eles não gostam de ver isso aqui bonito e arrumado”.

Pedro ainda afirmou que o local vai receber câmeras de vigilância. “Eu já fiz o orçamento com uma empresa de segurança e vou arcar com os custos, além de instalar o equipamento por conta própria. Quem sabe isso possa inibir ações como as de hoje e, caso aconteça outra vez, possamos identificar os detratores do planetário. O ideal é que haja um policiamento adequado aqui na região”.

 

LEIA MAIS

Imagens de câmeras de segurança ajudaram a identificar o suspeito, de 41 anos

Aparelhos eletrônicos e até edredons das crianças foram furtados. Câmeras registraram ação do ladrão

Na Avenida Galdino do Valle Filho, outra foi alvo de tentativa de assalto; bandido simulou estar armado

Publicidade
Agora Faz
TAGS: roubo | Furto